Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 27/02/2020

Redes sociais

Agendade eventos

Áreadownloads

Sumário de Touros Montana 2017

Genética | 19 de Novembro de 2017

É com prazer que o Programa Montana apresenta o seu Sumário de Touros Montana 2017. Este Sumário reflete a avaliação genética do programa de formação do Composto Montana®, conduzido desde 1994 pelos sócios no Brasil, Uruguai e Paraguai. 

As informações apresentadas no Sumário de Touros Montana 2017 foram obtidas com utilização de tecnologias modernas, continuamente atualizadas. Utilizou-se o Modelo Animal completo, que considera a matriz de parentesco entre todos os animais da população. Neste modelo, os dados são ajustados para os efeitos da heterozigose direta e materna em cada característica na média da população.

Neste Sumário de 2017, como no anterior, as análises foram processadas com a utilização de modelos estatísticos multicaracterística, sempre com peso a desmama (PD) e perímetro escrotal aos 14 meses (PE) incluídos como características âncora. Na primeira análise, foram processados simultaneamente: peso ao nascer (PN), peso à desmama (PD), ganho de peso pós-desmama (GPSOB) e perímetro escrotal ao sobreano (PE). Nesta primeira análise, todas as DEPs
foram aproveitadas. Uma segunda análise envolveu as características PD, PSOB, PE e MUSC. Nesta, as DEPs de PSOB e de MUSC foram aproveitadas.

A terceira análise envolveu PD, PSOB, PE e ALT (altura). Nesta, apenas a DEP de ALT foi aproveitada. A quarta análise envolveu PD, PSOB, PE e UMB. Nesta, apenas a DEP de UMB foi aproveitada. Todos os animais da safra, pesados e/ou medidos, foram considerados na análise. Para informar o potencial dos touros
como pais de futuras matrizes, continuam sendo calculadas as DEPs para Efeito Materno Total, que expressa a habilidade materna das filhas, ou seja, a capacidade que tem as filhas dos touros em proverem alimentação (leite), cuidados e nutrientes ao bezerro de modo a permitir que o seu potencial de crescimento seja expresso. O Índice Montana, principal critério de seleção do programa, é o mesmo do sumário anterior com 20% para a DEP de PD, 20% para
GPSOB, 30% para PSOB, 10% para PE e 20% para MUSC.

No cálculo do Índice Montana, todas as DEPs são divididas pelo desvio-padrão genético da característica, ou seja, são padronizadas. Os valores de desvio-padrão utilizados são: PD = 12,26733873 kg. GPSOB = 8,86345289 kg, PSOB = 19,16385202 kg, PE =1,49393805 cm e MUSC = 0,35885568 un (unidades de
escore). A DEP de PSOB foi obtida diretamente da segunda análise com base nos valores fenotípicos de peso ao sobreano (14 meses). Essa DEP foi incorporada ao índice, tendo em vista que a diversidade dos sistemas de criação do Montana tem levado à obtenção de baixa herdabilidade para o GPSOB (0,11), enquanto
que para o PSOB, a herdabilidade estimada foi igual a 0,37. O peso ao nascer continua a ser monitorado no programa, por meio da sua própria DEP. Ou seja, dentre os touros de alto mérito genético (altas DEPs) para as características sob seleção, procura-se dar prioridade aqueles que não produzem filhos
com peso ao nascer muito elevado.

O correto uso, pelos pecuaristas, das Diferenças Esperadas de Progênie (DEPs) como ferramenta auxiliar na escolha de touros já se tornou regra geral e tem grande importância no aumento da produtividade e lucratividade. Por isso, o Programa Montana® procura sempre utilizar a melhor tecnologia disponível na 
avaliação genética dos seus animais. As análises foram processadas pelo Grupo de Melhoramento Animal e Biotecnologia (GMAB) da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos, coordenado pelos Profs. Joanir P. Eler e José Bento S. Ferraz e Elisângela Chicaroni de Mattos (Processamento de dados).


Download

Maisdownloads

  • ABS News - Fevereiro 2020

    Genética | 18 de Fevereiro de 2020
    Já faz algum tempo que estabelecemos o conceito e estamos trabalhando com a aplicação da velocidade ao melhoramento genético de forma prática e a levando ao alcance de todos os pecuaristas de corte e leite. Com programas de acasalamento, utilizando sêmen convencional, mantínhamos uma velocidade 1.0 no progresso genético. Dobramos esta velocidade, com nosso SEXCEL, onde agora você pode selecionar claramente quem serão as mães da próxima geração de fêmeas. Com a chegada da nossa linha de embriões ABS NEO, atingimos a velocidade 3.0. Talvez, você pudesse pensar que ficaríamos por aí. Claro que não. Afinal, somos incansáveis em surpreender nossos clientes e o mercado. Com o lançamento da nossa linha ABS NEO Premium, estamos entregando ao mercado a velocidade 4.0 do melhoramento genético! Pela primeira vez no Brasil, você poderá adquirir um produto com uma garantia de elevados índices de desempenho genético.

    Leia também sobre um novo conceito que estamos estabelecendo em nossos projetos, o de MAXIMIZAR CADA EVENTO DE PARTO. Estamos falando de um Pacote Tecnológico do Corte, onde possibilitamos, através de uma segmentação do rebanho, o uso de SEXCEL Nelore nas melhores fêmeas, aumentando a velocidade de ganho genético e o ABS XBLACK, aplicado no restante do rebanho, demonstra que cada parto em sua propriedade terá mais valor para você.

    Não existe melhor maneira de estarmos preparados para um mercado que cresceu 18% em 2019, atingindo 18,5 milhões de doses e poderá continuar neste crescimento nos próximos 5 anos. A todo tempo, pensamos em nosso cliente, em como podemos fazer com que o melhoramento genético seja acessível, e na entrega de resultados, com confiança e velocidade, para transformar o seu negócio.

    Definitivamente, não existe melhor momento para ser um parceiro ABS.

    Boa leitura!

    Márcio Nery
    Diretor Geral ABS


    Download
  • Boletim Eletrônico do Departamento de Reprodução Animal/FMVZ/USP

    Pesquisa | 14 de Fevereiro de 2020

    Boletim Eletrônico do Departamento de Reprodução
    Animal/FMVZ/USP

    Edição 3, de 12 de fevereiro de 2020


    Download
  • Mercado IATF 2019 FMVZ-USP

    Pesquisa | 14 de Fevereiro de 2020
    Fonte: Departamento de Reprodução Animal /FMVZ /USP
    Download

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais