Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 27/02/2021

Redes sociais

Agendade eventos

Últimasnotícias

CRV Lagoa compra Central Bela Vista e expande atividades no Brasil

Genética | 29 de Março de 2011

CRV LAGOA

Foto: Divulgação/Assessoria

O grupo belga-holandês CRV, uma das maiores empresas de genética bovina do mundo, fechou a compra da brasileira Central Bela Vista, tradicional companhia de inseminação artificial localizada em Pardinho (SP) e controlada até então pelo pecuarista Jovelino Mineiro. O valor do negócio não foi divulgado, mas a operação envolve a infraestrutura da empresa brasileira, com exceção da propriedade onde a central está instalada, que ficará arrendada para a CRV. Com o negócio, a companhia europeia amplia sua atuação no Brasil. A empresa já possui uma central de inseminação artificial - CRV Lagoa (1998) - e também um laboratório de sexagem de sêmen - Sexing Technologies (2009) - ambos instalados em Sertãozinho (SP). As operações das empresas, no entanto, seguem independentes e a nova aquisição passa a se chamar CRV Bela Vista. 

A aquisição da Bela Vista coloca a CRV no topo do mercado, com movimentação de 3,6 milhões de doses por ano e fatia de 35% do mercado. Dessa forma, o grupo assume a liderança nacional em genética bovina, na frente do grupo canadense Alta Genetics. Em entrevista ao Valor, Roald van Noort, presidente do Grupo CRV, disse que o investimento no Brasil se deve ao potencial do país em aumentar a adoção de tecnologia em sua pecuária, tanto de corte quanto de leite. A expectativa do executivo é que a aquisição da Bela Vista complemente os trabalhos já realizados pela CRV Lagoa, uma das maiores centrais de inseminação, que no ano passado comercializou 2,4 milhões de doses. "O Brasil já tem posição de destaque no fornecimento de alimentos para o mundo. Essa posição, que será ainda maior nos próximos anos, será um fornecedor ainda mais importante de proteínas para o mundo", disse Van Noort. Prestes a completar 11 anos, a Bela Vista é tida no mercado como "a central das centrais", pois não comercializa aquilo que produz. A empresa atua como uma prestadora de serviços, tanto para pecuaristas interessados em produzir o sêmen quanto pelas próprias centrais de inseminação. "A expectativa é que a CRV mantenha a política de trabalho criada pela Bela Vista. O negócio permitirá a internacionalização desse modelo de trabalho", afirma Jovelino Mineiro. Ele lembra que a Bela Vista industrializou no ano passado 1,2 milhão de doses. "Não teríamos condições de expandir a atuação da Bela Vista como a CRV terá a partir de agora". A expansão dos negócios da CRV no Brasil acompanha o próprio crescimento do setor. 

Segundo dados da Associação Brasileira de Inseminação Artificial (Asbia), foram comercializadas no ano passado 10,4 milhões de doses, um novo recorde para o país. O volume superou em 13,7% as vendas de 2009, foram comercializadas 9,1 milhões de doses de sêmen. Apesar do aumento das vendas do setor, a taxa de inseminação artificial no Brasil ainda é considerada muito pequena. "Devido à necessidade de a pecuária se intensificar no Brasil por conta da expansão da agricultura, a tendência é que cada vez mais animais sejam inseminados. A vantagem brasileira é que existe um mercado tanto para a pecuária de corte quanto para de leite, diferente da Holanda", diz Van Noort. 

Fonte: Valor Online

Maisnotícias

  • Road In Farm Mapa da Genética 2021 Edição Virtual

    Genética, Informação | 25 de Fevereiro de 2021
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Em 2021, o Road in Farm – Mapa da Genética, evento bienal que desde 2012 movimenta o setor pecuário no Brasil, terá uma edição especial, virtual. De 8 a 11 de março, criadores, especialistas e projetos pecuários de referência reúnem-se on-line para tratar de estratégias e ações para o setor. Idealizado e ...
  • Setor de Registros comemora crescimento das raças Hereford e Braford em 2020

    Genética, Informação | 25 de Fevereiro de 2021
    Foto: Everton Souza Marita
    Mesmo com um ano marcado por mudanças e incertezas, as raças Hereford e Braford mantiveram-se em destaque. Em 2020, o setor de Registro Genealógico da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) registrou mais de 42 mil exemplares, um crescimento de 8% em relação ao ano anterior. Na raça Hereford o setor r...
  • Liderança com acurácia: Caldonegro lidera ranking do PMGZ com filhos avaliados

    Genética, Informação | 25 de Fevereiro de 2021
    Foto: Assessoria de Imprensa ABS
    O touro Nelore REM CaldoNegro, da bateria de Corte Zebu da ABS, tornou-se líder com filhos avaliados no maior sumário das raças zebuínas, o Programa de Melhoramento Genético de Zebuínos (PMGZ), da ABCZ. A nova atualização, divulgada este mês, expressa todo o potencial do touro, com elevada acurácia, sendo DECA ...
  • Pesquisa Semanal: Preços do Gado Gordo e Gado de Reposição no RS (23/02/21)

    Informação | 24 de Fevereiro de 2021
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Finalizamos fevereiro com altas em todas as modalidades de compra do boi gordo.

    O preço médio do boi na modalidade peso vivo subiu cerca de 3% e a vaca 1%. Já na modalidade de compra a peso de carcaça, os preços subiram 3% e 1,5 respectivamente para o boi e para a vaca.
    O gado de reposição por sua vez obteve alta...
  • Liderança com acurácia: CaldoNegro lidera ranking do PMGZ com filhos avaliados

    Informação | 24 de Fevereiro de 2021
    Foto: Divulgação/Assessoria
    O touro Nelore REM CaldoNegro, da bateria de Corte Zebu da ABS, tornou-se líder com filhos avaliados no maior sumário das raças zebuínas, o Programa de Melhoramento Genético de Zebuínos (PMGZ), da ABCZ. A nova atualização, divulgada este mês, expressa todo o potencial do touro, com elevada acurácia, sendo DECA ...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais