Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 16/02/2019

Redes sociais

Agendade eventos

Últimosartigos

2012: A Pecuária de Corte em números... (Folha do Sul, Bagé)

Informação | 27 de Fevereiro de 2013

Folha do Sul_27 fev 13

Foto: Divulgação/Assessoria

*Fernando Furtado Velloso, 27 de fevereiro de 2013

O Anuário DBO é sempre um prato cheio para quem gosta de boas informações e números da pecuária. Recebi agora em fevereiro a ultima edição e debulhei logo tudo que pude. Adiante listo informações da pecuária de corte brasileira e gaúcha apresentadas nesta publicação.
Veja como fechou o 2012:

• Abateram-se 45,5 milhões de bovinos, o rebanho alcançou os 213 milhões de animais, o desfrute chegou aos 21,3 % e o consumo per capita bateu em 42,3 kgs de carne por brasileiro;
• Abateram-se mais vacas e elas representaram 35,5% da matança. Sinal de final ou virada de ciclo;
• Os pesos médios das carcaças ficaram em 268 kgs para machos e 207 kgs para fêmeas;
• Nos últimos 5 anos a Índia foi responsável por 83% do crescimento da exportações de carne;
• As ações do Minerva subiram 133% e as ações do Marfrig perderam valor. O JBS equilibrou suas contas;
• O Frigorifico Tatuibi surge como uma nova indústria entre as grandes. Hoje tem capacidade para 3 mil abates por dia e pretende passar para 6 mil abates por dia;
• As estimativas de número de animais terminados em Confinamento não se concretizaram. As previsões falaram em 3,5 a 4 milhões de cabeças e a alta dos grãos e a arroba baixa frearam este processo;
• Goiás e os Matos Grossos confinaram 64% do gado brasileiro;
• No final do ano 10 países declaram embargo à carne brasileira em função do causo da Vaca Loca;
• Somente 01 estado brasileiro (SC) segue livre sem vacinação de Febre Aftosa;
• O Boi Gordo em SP perdeu 12% de seu valor;
• O custo da pecuária de corte no Brasil subiu 4,11% e no RS subiu 8,12%. Ganhamos uma!
• O valor do Boi Gordo no Brasil caiu 4,18%, em SP foi menos 12% e no RS caiu em 1,84%. Opa, ganhamos outra!
• Os insumos para reprodução representaram 0,07% dos custos de produção. E ainda temos gente boa achando que sêmen é muito caro.
• Foram exportados 512.320 bovinos, sendo 89% pelo Pará e o restante pelo RS;
• Leilões: o Angus faturou 28,5 milhões de reais, o Hereford 7,6 milhões, o Braford 13,6 milhões e o Brangus 7,5 milhões.

Recomendo a leitura do Anuário DBO na íntegra, pois os dados apresentados são somente uma amostrinha do que lá está.
Faz muito que se fala da Era da Informação e ela esta aí e não é de hoje. Na pecuária gaúcha estamos perdendo algumas oportunidades por não produzir e analisar as informações do setor de forma organizada e contínua. A centralização e produção de informação de qualidade para nosso setor é uma necessidade e uma boa justificativa para criação do já falado Instituto Gaúcho da Carne (água mole em pedra dura...).

(Publicado no Jornal Folha do Sul - Bagé, 27 fev 13)

Maisartigos

  • Mitos e verdades do cruzamento (Por B. Lynn Gordon, Beef Magazine)

    Informação | 26 de Janeiro de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Os Cruzamentos e a heterose resultante têm sido utilizados por gerações. Mas ainda restam discussões.

    Há sempre muita discussão e debate na pecuária de corte sobre o cruzamento. Dois pesquisadores da Universidade Estadual do Kansas se uniram para responder a algumas das perguntas mais comuns que os pecuaristas faz...
  • Idade da vaca e produtividade (Quando ela está velha demais?) - Derrel Peel (Oklahoma University, EUA)

    Informação | 16 de Janeiro de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Outubro é tradicionalmente época de desmame dos bezerros e o descarte de vacas para a temporada de parição na primavera nos EUA. No momento de descarte de matrizes os criadores enfrentam decisões difíceis. O descarte ótimo no rebanho requer uma bola de cristal afiada que poderia ver o futuro.

    Se o regime de chuvas...
  • Carne gaúcha: uma trajetória de terra, campo e gente (Por Roberto Grecellé - SEBRAE)

    Informação | 14 de Janeiro de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    O dia a dia da pecuária de corte brasileira tem sido em favor da qualidade da carne produzida. Nas fazendas e nas indústrias, seja pelo zelo, pelos investimentos ou pelo aperfeiçoamento nos processos produtivos, os atores desta cadeia se empenham em produzir a cada dia uma carne de qualidade superior. Sim, é possíve...
  • Pecuária de corte: uma opinião para o novo governo

    Informação | 13 de Janeiro de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Júlio Barcellos, Prof. Titular, Fac. de Agronomia – NESPro/UFRGS

    Numa análise mais crítica, é preciso entender que desde que surgiu a palavra agronegócio em nosso vocabulário, é afirmado que em todas as suas dimensões só ocorrem “maravilhas”. O que é um profundo equívoco, quase viciado, de quem defe...
  • Comunicação como insumo fundamental para o agro

    Informação, Mercado | 11 de Janeiro de 2019
    Foto: AgroEffective
    Nestor Tipa Júnior
    Jornalista e pós graduado em Marketing no Agronegócio. Sócio-diretor da AgroEffective A agropecuária faz parte de um dos setores mais sensíveis à críticas e informações prejudiciais no Brasil. A opinião pública, por vezes, é severa nas cobranças aos produtores rurais e agroindústrias. Ba...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais