Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 28/02/2020

Redes sociais

Agendade eventos

Últimosartigos

Mercado internacional de carne: este não é jogo para guri novo

Carne | 23 de Maio de 2013

Argentina caindo no mercado de carnes...

Foto: Divulgação/Assessoria

Com notícias publicadas bem recentemente na imprensa internacional, uso minha coluna desta semana: Argentina, fora do grupo dos Top 10 Exportadores de Carne do Mundo, e Rússia suspendem três frigoríficos brasileiros. Ambas publicadas agora, em 21 de maio.

No país vizinho, a notícia é o retrato da crise da pecuária argentina e motivo para grande indignação dos produtores. A Argentina ficou, em 2012, com a posição de 11° lugar entre os exportadores mundiais e no último lugar entre os do Mercosul. Para se ter uma ideia do tombo, em 2005 a Argentina estava entre os três maiores exportadores do mundo.

No último ano, a Argentina exportou 183 mil toneladas de carne bovina e foi superada por seus parceiros de Mercosul: Brasil (1,3 milhões de tonelada), Uruguai (350 mil toneladas) e Paraguai, que vendeu 210 mil toneladas. Num passado recente brincariam: empatando com o Paraguai vai ganhar de quem?

Apesar da nossa sensação de jogo ganho, as notícias não são tão boas por aqui, pois um de nossos principais clientes novamente nos dá um trancasso. Em função de contaminação de carne brasileira congelada com a bactéria Listeria, a Rússia suspendeu a importação de três frigoríficos brasileiros: Minerva, Marfrig e Seara Alimentos. Este cliente nos consumiu ″só″ 23% da carne exportada pelo Brasil em 2012, ou seja, muito mais que uma Argentina inteira.

Não trago estas notícias com tom alarmista e para assustar o nosso pecuarista, mas sim para retomar o meu assunto quase de sempre, isto é, que com a dimensão que o nosso país alcançou em produção de carne, as ações setoriais são muito mais importantes. Não produzimos mais carne para Bagé ou Porto Alegre comer, mas sim para o mundo (se ele quiser nos comprar e se soubermos nos defender). Na Argentina, o governo parece estar contra o produtor e tomou a decisão de desmontar com a pecuária de corte daquele país. No Brasil, a situação é bem melhor, mas muitas vezes nos acomodamos com a posição de liderança.

Este meu texto é só um lembrete que este mercado é muito dinâmico e que a vigilância e trabalho permanentes para acesso e manutenção de mercados nunca são demais. Qual é a ação do RS para ampliar o seu mercado de carne?

Publicado no Caderno Campo –  Jornal Folha do Sul em 23 05 13 (Bagé, RS)

 

Maisartigos

  • Os benefícios visíveis do quilo da carne

    Carne, Informação | 28 de Fevereiro de 2020
    Foto: Imagens da Internet
    Na segunda-feira, dia 17, o artigo “Os custos invisíveis do quilo da carne”, publicado nesta Folha, sugeriu a relação entre impostos e desmatamento, raciocínio formulado a partir de dois estudos recentes. Sem nenhuma repreensão aos autores, julgamos importante esclarecer alguns pontos para que decisões equivoca...
  • O diálogo necessário entre agricultura e meio ambiente

    Informação | 28 de Fevereiro de 2020
    Foto: Imagens da Internet
    Em vez do ‘nós contra eles’, é preciso compatibilizar as agendas globais do clima e da alimentação. Os dois setores da economia brasileira com maior visibilidade global são a agricultura e o meio ambiente. O protagonismo da agricultura brasileira se dá no comércio global de commodities agropecuárias. Nossa ...
  • Negocio Direto: fazendo em vez de esperar

    Informação, Mercado | 14 de Fevereiro de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha

    A ação é melhor que a inércia. Quem sabe faz a hora, não espera acontecer. Se Maomé não vai à montanha, a montanha vai a Maomé, e por aí vai. O propósito deste meu texto é compartilhar algumas informações sobre o Grupo de Produtores...
  • EAD pode causar prejuízos na formação do médico veterinário

    Informação | 09 de Fevereiro de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por João Carlos Gonzales, presidente da Academia Rio-Grandense de Medicina Veterinária

    A recente autorização governamental para que instituições com curso de medicina veterinária utilizem 40% do tempo na forma de ensino a distância (EAD), isto é, por correspondência e/ou internet, despertou a atenção para pos...
  • SC: Verdi realiza bonificação dos primeiros animais Hereford e Braford

    Informação | 06 de Fevereiro de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Frigorífico catarinense e ABHB fizeram abate certificado pelo programa Carne Pampa Aconteceu no dia 4 de fevereiro o primeiro abate experimental certificado pelo Programa Carne Pampa, da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) do Frigorífico Verdi, localizado no município de Pouso Redondo (SC). Foram reu...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais