Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 03/07/2020

Redes sociais

Agendade eventos

Últimosartigos

Mercado internacional de carne: este não é jogo para guri novo

Carne | 23 de Maio de 2013

Argentina caindo no mercado de carnes...

Foto: Divulgação/Assessoria

Com notícias publicadas bem recentemente na imprensa internacional, uso minha coluna desta semana: Argentina, fora do grupo dos Top 10 Exportadores de Carne do Mundo, e Rússia suspendem três frigoríficos brasileiros. Ambas publicadas agora, em 21 de maio.

No país vizinho, a notícia é o retrato da crise da pecuária argentina e motivo para grande indignação dos produtores. A Argentina ficou, em 2012, com a posição de 11° lugar entre os exportadores mundiais e no último lugar entre os do Mercosul. Para se ter uma ideia do tombo, em 2005 a Argentina estava entre os três maiores exportadores do mundo.

No último ano, a Argentina exportou 183 mil toneladas de carne bovina e foi superada por seus parceiros de Mercosul: Brasil (1,3 milhões de tonelada), Uruguai (350 mil toneladas) e Paraguai, que vendeu 210 mil toneladas. Num passado recente brincariam: empatando com o Paraguai vai ganhar de quem?

Apesar da nossa sensação de jogo ganho, as notícias não são tão boas por aqui, pois um de nossos principais clientes novamente nos dá um trancasso. Em função de contaminação de carne brasileira congelada com a bactéria Listeria, a Rússia suspendeu a importação de três frigoríficos brasileiros: Minerva, Marfrig e Seara Alimentos. Este cliente nos consumiu ″só″ 23% da carne exportada pelo Brasil em 2012, ou seja, muito mais que uma Argentina inteira.

Não trago estas notícias com tom alarmista e para assustar o nosso pecuarista, mas sim para retomar o meu assunto quase de sempre, isto é, que com a dimensão que o nosso país alcançou em produção de carne, as ações setoriais são muito mais importantes. Não produzimos mais carne para Bagé ou Porto Alegre comer, mas sim para o mundo (se ele quiser nos comprar e se soubermos nos defender). Na Argentina, o governo parece estar contra o produtor e tomou a decisão de desmontar com a pecuária de corte daquele país. No Brasil, a situação é bem melhor, mas muitas vezes nos acomodamos com a posição de liderança.

Este meu texto é só um lembrete que este mercado é muito dinâmico e que a vigilância e trabalho permanentes para acesso e manutenção de mercados nunca são demais. Qual é a ação do RS para ampliar o seu mercado de carne?

Publicado no Caderno Campo –  Jornal Folha do Sul em 23 05 13 (Bagé, RS)

 

Maisartigos

  • Seleção genômica em Hereford e Braford

    Genética, Informação | 01 de Julho de 2020
    Foto: Associação Brasileira de Hereford e Braford
    Por Marcos Jun-Iti Yokoo Até pouco tempo, nos programas de avaliação genética e seleção de bovinos de corte, a seleção assistida por marcadores moleculares utilizando-se de poucos marcadores do tipo microssatélites, salvo algumas exceções, não foi muito eficiente, uma vez que, geralmente, as características...
  • Tecnologia à frente: Inseminação Artificial avança no primeiro trimestre

    Informação, Mercado | 18 de Junho de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha A ASBIA (Associação Brasileira de Inseminação Artificial), entidade que participo da atual gestão, divulgou publicamente, no início de maio, o relatório INDEX ASBIA 1º Trimestre/2020. Os dados são recebidos de todas centrais afiliadas ...
  • RS - Rumo a um novo status sanitário

    Informação | 04 de Junho de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Livre de Aftosa sem Vacinação
    Por Júlio Barcellos; Tamara E. de Oliveira; Anna I. C. Pereira Suñé


    O contexto: O Estado do Rio Grande do Sul, por meio de seu serviço veterinário oficial e a ação dos pecuaristas, durante os meses de março e abril, realizou a sua última campanha de vacinação previamente à apresen...
  • COVID: o empurrão que faltava aos leilões virtuais e certificados

    Informação, Leilões, Mercado | 15 de Maio de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha As vantagens dos leilões virtuais em relações aos leilões presenciais são inúmeras: não necessidade de transporte do gado para um recinto, venda com o peso da fazenda (sem quebras de transporte e manejo), menor stress para os animais (be...
  • Hereford e Braford: Prova de Avaliação a Campo auxilia na seleção de criadores

    Informação | 26 de Abril de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Realizada anualmente pela Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB), em parceria com a Embrapa Pecuária Sul, de Bagé (RS), a Prova de Avaliação a Campo (PAC) vem trazendo resultados promissores para os criadores das duas raças. Com a finalidade de identificar animais superiores em termos de genética para...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais