Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 20/11/2019

Redes sociais

Agendade eventos

Últimosartigos

Argentina em crise de identidade

Carne | 06 de Junho de 2013

Escuela de Jurados Angus

Foto: Divulgação/Assessoria

por Fernando Furtado Velloso

Escrevo esta coluna de Buenos Aires, pois estou participando da 27° Escuela de Jurados Angus, durante toda esta semana. Ao chegar aqui, me deparei com um setor pecuário em crise, crise de identidade. A primeira classe, com o Sr. Luis Maria Firpo, abordou a Importância da Pecuária de Corte na Argentina, e aqui já iniciamos recebendo informações da triste situação deste setor no país: redução do rebanho bovino para 48 milhões (eram mais de 55 milhões de cabeças há cinco anos atrás), abate anual de aproximadamente 10 milhões de animais, sendo 45% de fêmeas (indicando liquidação dos rebanhos de cria) e menos de 30% de novilhos (indicando desintensificação dos sistemas) e aumento de abate de animais leves (contribuindo para menor produção de carne).

No campo, a produtividade é baixa e alguns indicadores nos comprovam isso: taxa marcação de 60% (equivalente a % Desmame), somente 50% dos rebanhos com Estação de Monta definida, 15% dos rebanhos usando Inseminação Artificial e, por incrível que pareça, apenas 30% dos produtores realizando Diagnóstico de Gestação. Do lado do mercado da carne, a Cota Hilton de 58 mil toneladas não é atendida pelo país nos últimos quatro anos. São números arredondados, mas de uma fonte segura, pois o professor da classe é produtor e profissional experiente na atividade. Em 2012, a Argentina deixou o grupo dos 10 maiores exportadores mundiais de carne, perdendo para Brasil, Paraguai e Uruguai. Este tema já abordei em minha última coluna.

A crise de identidade que comento é porque esta situação gera um conflito aos produtores de carne e de genética no país.
  • Como um país que sempre foi referência em carne de qualidade perde espaço anualmente por questões internas?
  • Como um país que foi considerado um dos celeiros do mundo abandona esta posição?
  • Como os cabanheiros, sempre orgulhosos dos avanços em genética e de seus campeões, se deparam com a redução dos rebanhos e menor necessidade de reprodutores?
Estes são os dilemas e as contradições que estamos vivenciando neste treinamento. De um lado discutimos como produzir mais e melhor carne com as tecnologias de genética. De outro, o país reduz ano a ano a sua participação no mercado de carnes e a sua produção.
Se é que se pode tirar uma lição desta triste situação é o estrago que um governo ou uma política distorcida podem gerar em um setor tradicional, forte e consolidado de um país, a ganaderia Argentina. Se pretendemos um Rio Grande forte e diferenciado no mercado de carnes não será somente com ações dentro da porteira.

Publicado no Jornal Folha do Sul (Bagé, RS) em 06 de junho 2013
http://www.jornalfolhadosul.com.br/colunista/40/2013/06/06

Maisartigos

  • Anguistas e branguistas: é passada a hora do marmoreio

    Genética, Informação | 18 de Novembro de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha

    A essa altura do campeonato da carne de qualidade no Brasil, zero novidade falar em marmoreio. Mas, para os selecionadores, especialmente das raças Angus e Brangus, é o momento de olhar e agir com mais atenção para animais superiores genetica...
  • Aliança Braford faz R$ 8,3 mil para touros em Lavras do Sul

    Informação | 27 de Outubro de 2019
    Foto: Katega Vaz
    Dando continuidade aos remates oficializados pela Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB), foi realizado no último sábado, dia 19 de outubro, no Sindicato Rural de Lavras do Sul (RS), mais uma edição do Remate Aliança Braford, promovido pelas Estâncias Cochilhas, Pontezuela, Três Marias e São Bento. ...
  • Touros: do Colonial ao Genômico

    Genética, Informação | 15 de Outubro de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha

    Redigo, hoje, influenciado pela atmosfera da temporada de primavera do Rio Grande do Sul, pois já foi dada alargada e ainda estou envolvido com acertos, fretes e documentos de alguns touros adquiridos para clientes no leilão da GAP Genética. R...
  • Genética Nacional: Panorama dos touros Angus e Brangus nas centrais de inseminação

    Genética, Informação, Mercado | 16 de Setembro de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Angus, Nelore e Brangus dominam o mercado de inseminação de bovinos de corte no Brasil. Exagero? Vamos aos números. Conforme a ASBIA, em 2018, as raças de corte venderam, no Brasil, aproximadamente, 9,6 milhões de doses. Da raça Angus, 4,9 milhões de doses foram vendidas; seguida por Nelore, com 3,3 milhões; e Br...
  • Touro Dupla Marca é a geladeira com selo A

    Genética, Informação | 15 de Agosto de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Redigir e discutir critérios de escolha de touros é tema que se repete, mas é matéria sem fim e que se renova a cada temporada de leilões de reprodutores e aquisição de sêmen. A necessidade se apresenta a cada ano, e os fatores que participam da decisão vão se tornando mais complexos com a incorporação cresce...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais