Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 21/02/2020

Redes sociais

Agendade eventos

Últimosartigos

E se foi a tourada

Leilões | 05 de Dezembro de 2013

E se foi a tourada...

Foto: Divulgação/Assessoria

Por Fernando Furtado Velloso 
 
A temporada de leilões de primavera 2013 foi considerada por muitos como a melhor dos últimos anos. Os levantamentos do Correio do Povo, Revista DBO e Assessoria Agropecuária indicam a venda de mais de 4,6 mil touros em leilões com média acima de R$7 mil, ou seja, valor superior a quatro bons novilhos (de 460 a 480 quilos). Esta primeira informação já é positiva aos produtores de genética, pois, usualmente, um bom reprodutor corresponde entre três a quatro novilhos e, em 2013, superamos esta referência.

As variações de valores foram extremas neste ano e alguns leilões chegaram a médias impensáveis, em torno de R$ 12 mil (ex: GAP Genética com Angus e Brangus, Bela Vista e Reculuta & São Bento com Braford) e, na outra ponta, alguns leilões tiveram dificuldade de se aproximar dos R$ 6 mil (mesmo em leilões ditos tradicionais). Esta grande variação de resultado para o mesmo tipo de produto nos dá algumas sinalizações: o comprador de touros está mais exigente e disposto a pagar mais por um produto considerado superior, é possível agregar bastante valor na produção de reprodutores, a construção de marcas fortes em pecuária é uma realidade (e muitas cabanhas com marcas de valor colheram resultado nesta temporada), a intensificação dos sistemas de produção em pecuária estão gerando mais valor para os reprodutores.

Na condição de técnico, inserido no meio da produção de genética, fico muito satisfeito em ver estes resultados positivos. Também considero positivo perceber a grande diferenciação que alguns plantéis estão alcançando em nosso mercado. Para aqueles que obtiveram boas vendas e valores remuneratórios para a produção de touros ficam os nossos parabéns. Este sucesso não é moda e nem fato isolado, mas sim colheita da construção de marcas fortes e sérias, da fidelização de clientes satisfeitos com touros de qualidade e da expectativa e necessidade de cada vez produzir melhores terneiros.


Maisartigos

  • Negocio Direto: fazendo em vez de esperar

    Informação, Mercado | 14 de Fevereiro de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha

    A ação é melhor que a inércia. Quem sabe faz a hora, não espera acontecer. Se Maomé não vai à montanha, a montanha vai a Maomé, e por aí vai. O propósito deste meu texto é compartilhar algumas informações sobre o Grupo de Produtores...
  • EAD pode causar prejuízos na formação do médico veterinário

    Informação | 09 de Fevereiro de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por João Carlos Gonzales, presidente da Academia Rio-Grandense de Medicina Veterinária

    A recente autorização governamental para que instituições com curso de medicina veterinária utilizem 40% do tempo na forma de ensino a distância (EAD), isto é, por correspondência e/ou internet, despertou a atenção para pos...
  • SC: Verdi realiza bonificação dos primeiros animais Hereford e Braford

    Informação | 06 de Fevereiro de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Frigorífico catarinense e ABHB fizeram abate certificado pelo programa Carne Pampa Aconteceu no dia 4 de fevereiro o primeiro abate experimental certificado pelo Programa Carne Pampa, da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) do Frigorífico Verdi, localizado no município de Pouso Redondo (SC). Foram reu...
  • ABS NEO: Produtor comemora taxa de prenhez acima de 55% com o uso de embriões

    Informação | 06 de Fevereiro de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Resultado foi registrado na Fazenda Maranata, no norte do Tocantins O ABS NEO vem se tornando um produto cada vez mais popular entre os produtores. Após decidir investir na solução genética da ABS, um produtor do norte do Tocantins obteve resultados impressionantes já na primeira aplicação - com 204 embriões tra...
  • Angus Austrália: ganhos com a seleção para docilidade

    Informação | 30 de Janeiro de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Uma das características em que os pecuaristas dão alto nível de importância ao tomar decisões de seleção, se não a característica mais importante, é o temperamento. Esta importância foi destacada em uma pesquisa recente com mais de 1.200 produtores de carne bovina na Austrália, que constatou que o temperamen...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais