Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 13/10/2019

Redes sociais

Agendade eventos

Últimosartigos

ABIEC: Brasil fatura mais de meio bilhão de dólares com exportação de carne bovina em maio

Informação | 09 de Junho de 2016

ABIEC: Brasil fatura mais de meio bilhão de dólares com exportação de carne bovina em maio

Foto: Divulgação/Assessoria


Com crescimento em diversos mercados, indústria brasileira embarcou 129 mil toneladas; Hong Kong continua na liderança dos países ou regiões que mais importaram carne bovina brasileira, seguido pela China e União Europeia

As exportações de carne bovina brasileira apresentaram um crescimento, no último mês de maio, tanto em volume como em crescimento. Com o embarque de mais de 129,8 mil toneladas e faturamento de US$ 503,5 milhões, o aumento foi de 15% – em volume e receita – ante abril passado. Com relação a maio de 2015, o aumento foi de 14% em volume e 8% em faturamento.

 

Hong Kong continua na liderança dos países ou regiões que mais importaram carne bovina brasileira, seguido pela China. Para Hong Kong, em meio foram embarcadas no período 28 mil toneladas de carne com faturamento de US$ 96 milhões. Já para a China foram 20 mil toneladas (30% mais que abril), com receita de US$ 84 milhões (aumento de 32% em relação ao mês anterior).

 

Posição

País/Região

Faturamento US$ (maio/2016)

Volume em toneladas (maio/2016)

1

Hong Kong

96.119.528,00

28.036,98

2

China

84.471.066,00

20.314,02

3

União Europeia

62.353.518,00

10.203,50

4

Egito

56.019.272,00

18.349,73

5

Rússia

32.686.188,00

10.899,44

6

Irã

30.772.828,00

7.755,73

7

Estados Unidos

24.546.506,00

2.685,89

8

Chile

17.685.628,00

4.438,66

9

Arábia Saudita

15.873.156,00

4.095,53

10

Venezuela

10.734.482,00

1.841,84

 

No acumulado do ano (janeiro-maio), o crescimento é de 12% em volume em relação ao mesmo período do ano passado, com o embarque de 609,7 mil toneladas. Já em faturamento, o crescimento é de 1,4% com US$ 2,3 bilhões.

 

Posição

País/Região

Faturamento US$ (jan-maio/2016)

Volume em toneladas (jan-maio/2016)

1

Hong Kong

522.840.805,00

150.425,36

2

China

298.557.125,00

71.612,35

3

União Europeia

295.237.419,00

48.491,36

4

Egito

283.695.548,00

92.546,35

5

Rússia

142.925.125,00

54.642,48

6

Irã

137.663.238,00

35.683,05

7

Chile

111.875.933,00

27.059,86

8

Estados Unidos

102.435.939,00

11.982,05

9

Venezuela

55.388.236,00

9.520,97

10

Arábia Saudita

43.782.260,00

11.554,53

 

O presidente da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (ABIEC), Antônio Jorge Camardelli, destaca os números positivos de Hong Kong e China no acumulado do ano, evidenciando o crescimento do mercado asiático para a carne brasileira. “Em menos de um ano de reabertura do mercado, a China já é nosso segundo maior comprador no ano, o que nos faz manter a expectativa positiva de atingirmos os mesmos níveis de exportação que tivemos em 2014, quando embarcamos o total de 1,5 milhão de toneladas para o mercado exterior”, afirma Camardelli.

 

Categorias

A carne in natura seguiu como a categoria de produtos mais exportada, atingindo um faturamento de US$ 397 milhões no mês de maio (17% a mais que o mês anterior), com o volume de 100 mil toneladas em exportações (crescimento de 16% em relação a abril).

 

Posição

Categoria

Faturamento US$

Volume (toneladas)

1

In natura

397.495.980,00

100.943,29

2

Industrializada

58.568.555,00

10.277,01

3

Miúdos

43.454.591,00

17.058,59

4

Tripas

3.940.769,00

1.549,53

5

Salgadas

96.275,00

22,27

 Fonte: ABIEC 

Maisartigos

  • Genética Nacional: Panorama dos touros Angus e Brangus nas centrais de inseminação

    Genética, Informação, Mercado | 16 de Setembro de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Angus, Nelore e Brangus dominam o mercado de inseminação de bovinos de corte no Brasil. Exagero? Vamos aos números. Conforme a ASBIA, em 2018, as raças de corte venderam, no Brasil, aproximadamente, 9,6 milhões de doses. Da raça Angus, 4,9 milhões de doses foram vendidas; seguida por Nelore, com 3,3 milhões; e Br...
  • Touro Dupla Marca é a geladeira com selo A

    Genética, Informação | 15 de Agosto de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Redigir e discutir critérios de escolha de touros é tema que se repete, mas é matéria sem fim e que se renova a cada temporada de leilões de reprodutores e aquisição de sêmen. A necessidade se apresenta a cada ano, e os fatores que participam da decisão vão se tornando mais complexos com a incorporação cresce...
  • A internet, os acessos e a revista impressa

    Genética, Informação | 13 de Julho de 2019
    Foto: Assessoria de Imprensa ABS
    Acredito que todo aquele que escreve uma coluna, um artigo ou uma crônica tenha muita curiosidade de saber se é lido, se é lido por muitos, se o tempo dedicado em reunir palavras e ideias gerou interesse e teve utilidade para quem o lê. Não é busca por aprovação ou aplausos, mas o interesse
    real em saber a opiniã...
  • Austrália: quais touros Angus são os mais influentes da raça?

    Informação | 25 de Junho de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Em associação com as comemorações do centenário da Angus Austrália, o Dr. Sam Clark, Professor Sênior de Genética Animal na Universidade da New England, pesquisou os touros mais influentes da raça Angus desde 1990. Veja as informações nos vídeos publicados o site da Angus Austrália. Clique aqui. 

    A publica...
  • Pablo Bove Itzaina: “O show é caro para a Brangus aqui no Uruguai”

    Exposição, Informação | 16 de Junho de 2019
    Foto: El País
    Por Pablo Mestre/El Pais Rurales (15/06/19) 

    A los 31 años fue el jurado más joven de la Expo Nacional Brangus en Argentina que reunió a 450 reproductores de 70 cabañas. Aseguró que se enfrentó al mejor Brangus de la región y se mostró emocionado por la distinción de los criadores del vecino país. El director d...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais