Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 28/02/2020

Redes sociais

Agendade eventos

Últimosartigos

ABIEC: Brasil fatura mais de meio bilhão de dólares com exportação de carne bovina em maio

Informação | 09 de Junho de 2016

ABIEC: Brasil fatura mais de meio bilhão de dólares com exportação de carne bovina em maio

Foto: Divulgação/Assessoria


Com crescimento em diversos mercados, indústria brasileira embarcou 129 mil toneladas; Hong Kong continua na liderança dos países ou regiões que mais importaram carne bovina brasileira, seguido pela China e União Europeia

As exportações de carne bovina brasileira apresentaram um crescimento, no último mês de maio, tanto em volume como em crescimento. Com o embarque de mais de 129,8 mil toneladas e faturamento de US$ 503,5 milhões, o aumento foi de 15% – em volume e receita – ante abril passado. Com relação a maio de 2015, o aumento foi de 14% em volume e 8% em faturamento.

 

Hong Kong continua na liderança dos países ou regiões que mais importaram carne bovina brasileira, seguido pela China. Para Hong Kong, em meio foram embarcadas no período 28 mil toneladas de carne com faturamento de US$ 96 milhões. Já para a China foram 20 mil toneladas (30% mais que abril), com receita de US$ 84 milhões (aumento de 32% em relação ao mês anterior).

 

Posição

País/Região

Faturamento US$ (maio/2016)

Volume em toneladas (maio/2016)

1

Hong Kong

96.119.528,00

28.036,98

2

China

84.471.066,00

20.314,02

3

União Europeia

62.353.518,00

10.203,50

4

Egito

56.019.272,00

18.349,73

5

Rússia

32.686.188,00

10.899,44

6

Irã

30.772.828,00

7.755,73

7

Estados Unidos

24.546.506,00

2.685,89

8

Chile

17.685.628,00

4.438,66

9

Arábia Saudita

15.873.156,00

4.095,53

10

Venezuela

10.734.482,00

1.841,84

 

No acumulado do ano (janeiro-maio), o crescimento é de 12% em volume em relação ao mesmo período do ano passado, com o embarque de 609,7 mil toneladas. Já em faturamento, o crescimento é de 1,4% com US$ 2,3 bilhões.

 

Posição

País/Região

Faturamento US$ (jan-maio/2016)

Volume em toneladas (jan-maio/2016)

1

Hong Kong

522.840.805,00

150.425,36

2

China

298.557.125,00

71.612,35

3

União Europeia

295.237.419,00

48.491,36

4

Egito

283.695.548,00

92.546,35

5

Rússia

142.925.125,00

54.642,48

6

Irã

137.663.238,00

35.683,05

7

Chile

111.875.933,00

27.059,86

8

Estados Unidos

102.435.939,00

11.982,05

9

Venezuela

55.388.236,00

9.520,97

10

Arábia Saudita

43.782.260,00

11.554,53

 

O presidente da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (ABIEC), Antônio Jorge Camardelli, destaca os números positivos de Hong Kong e China no acumulado do ano, evidenciando o crescimento do mercado asiático para a carne brasileira. “Em menos de um ano de reabertura do mercado, a China já é nosso segundo maior comprador no ano, o que nos faz manter a expectativa positiva de atingirmos os mesmos níveis de exportação que tivemos em 2014, quando embarcamos o total de 1,5 milhão de toneladas para o mercado exterior”, afirma Camardelli.

 

Categorias

A carne in natura seguiu como a categoria de produtos mais exportada, atingindo um faturamento de US$ 397 milhões no mês de maio (17% a mais que o mês anterior), com o volume de 100 mil toneladas em exportações (crescimento de 16% em relação a abril).

 

Posição

Categoria

Faturamento US$

Volume (toneladas)

1

In natura

397.495.980,00

100.943,29

2

Industrializada

58.568.555,00

10.277,01

3

Miúdos

43.454.591,00

17.058,59

4

Tripas

3.940.769,00

1.549,53

5

Salgadas

96.275,00

22,27

 Fonte: ABIEC 

Maisartigos

  • Os benefícios visíveis do quilo da carne

    Carne, Informação | 28 de Fevereiro de 2020
    Foto: Imagens da Internet
    Na segunda-feira, dia 17, o artigo “Os custos invisíveis do quilo da carne”, publicado nesta Folha, sugeriu a relação entre impostos e desmatamento, raciocínio formulado a partir de dois estudos recentes. Sem nenhuma repreensão aos autores, julgamos importante esclarecer alguns pontos para que decisões equivoca...
  • O diálogo necessário entre agricultura e meio ambiente

    Informação | 28 de Fevereiro de 2020
    Foto: Imagens da Internet
    Em vez do ‘nós contra eles’, é preciso compatibilizar as agendas globais do clima e da alimentação. Os dois setores da economia brasileira com maior visibilidade global são a agricultura e o meio ambiente. O protagonismo da agricultura brasileira se dá no comércio global de commodities agropecuárias. Nossa ...
  • Negocio Direto: fazendo em vez de esperar

    Informação, Mercado | 14 de Fevereiro de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha

    A ação é melhor que a inércia. Quem sabe faz a hora, não espera acontecer. Se Maomé não vai à montanha, a montanha vai a Maomé, e por aí vai. O propósito deste meu texto é compartilhar algumas informações sobre o Grupo de Produtores...
  • EAD pode causar prejuízos na formação do médico veterinário

    Informação | 09 de Fevereiro de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por João Carlos Gonzales, presidente da Academia Rio-Grandense de Medicina Veterinária

    A recente autorização governamental para que instituições com curso de medicina veterinária utilizem 40% do tempo na forma de ensino a distância (EAD), isto é, por correspondência e/ou internet, despertou a atenção para pos...
  • SC: Verdi realiza bonificação dos primeiros animais Hereford e Braford

    Informação | 06 de Fevereiro de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Frigorífico catarinense e ABHB fizeram abate certificado pelo programa Carne Pampa Aconteceu no dia 4 de fevereiro o primeiro abate experimental certificado pelo Programa Carne Pampa, da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) do Frigorífico Verdi, localizado no município de Pouso Redondo (SC). Foram reu...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais