Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 03/07/2020

Redes sociais

Agendade eventos

Últimosartigos

ABIEC: Brasil fatura mais de meio bilhão de dólares com exportação de carne bovina em maio

Informação | 09 de Junho de 2016

ABIEC: Brasil fatura mais de meio bilhão de dólares com exportação de carne bovina em maio

Foto: Divulgação/Assessoria


Com crescimento em diversos mercados, indústria brasileira embarcou 129 mil toneladas; Hong Kong continua na liderança dos países ou regiões que mais importaram carne bovina brasileira, seguido pela China e União Europeia

As exportações de carne bovina brasileira apresentaram um crescimento, no último mês de maio, tanto em volume como em crescimento. Com o embarque de mais de 129,8 mil toneladas e faturamento de US$ 503,5 milhões, o aumento foi de 15% – em volume e receita – ante abril passado. Com relação a maio de 2015, o aumento foi de 14% em volume e 8% em faturamento.

 

Hong Kong continua na liderança dos países ou regiões que mais importaram carne bovina brasileira, seguido pela China. Para Hong Kong, em meio foram embarcadas no período 28 mil toneladas de carne com faturamento de US$ 96 milhões. Já para a China foram 20 mil toneladas (30% mais que abril), com receita de US$ 84 milhões (aumento de 32% em relação ao mês anterior).

 

Posição

País/Região

Faturamento US$ (maio/2016)

Volume em toneladas (maio/2016)

1

Hong Kong

96.119.528,00

28.036,98

2

China

84.471.066,00

20.314,02

3

União Europeia

62.353.518,00

10.203,50

4

Egito

56.019.272,00

18.349,73

5

Rússia

32.686.188,00

10.899,44

6

Irã

30.772.828,00

7.755,73

7

Estados Unidos

24.546.506,00

2.685,89

8

Chile

17.685.628,00

4.438,66

9

Arábia Saudita

15.873.156,00

4.095,53

10

Venezuela

10.734.482,00

1.841,84

 

No acumulado do ano (janeiro-maio), o crescimento é de 12% em volume em relação ao mesmo período do ano passado, com o embarque de 609,7 mil toneladas. Já em faturamento, o crescimento é de 1,4% com US$ 2,3 bilhões.

 

Posição

País/Região

Faturamento US$ (jan-maio/2016)

Volume em toneladas (jan-maio/2016)

1

Hong Kong

522.840.805,00

150.425,36

2

China

298.557.125,00

71.612,35

3

União Europeia

295.237.419,00

48.491,36

4

Egito

283.695.548,00

92.546,35

5

Rússia

142.925.125,00

54.642,48

6

Irã

137.663.238,00

35.683,05

7

Chile

111.875.933,00

27.059,86

8

Estados Unidos

102.435.939,00

11.982,05

9

Venezuela

55.388.236,00

9.520,97

10

Arábia Saudita

43.782.260,00

11.554,53

 

O presidente da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (ABIEC), Antônio Jorge Camardelli, destaca os números positivos de Hong Kong e China no acumulado do ano, evidenciando o crescimento do mercado asiático para a carne brasileira. “Em menos de um ano de reabertura do mercado, a China já é nosso segundo maior comprador no ano, o que nos faz manter a expectativa positiva de atingirmos os mesmos níveis de exportação que tivemos em 2014, quando embarcamos o total de 1,5 milhão de toneladas para o mercado exterior”, afirma Camardelli.

 

Categorias

A carne in natura seguiu como a categoria de produtos mais exportada, atingindo um faturamento de US$ 397 milhões no mês de maio (17% a mais que o mês anterior), com o volume de 100 mil toneladas em exportações (crescimento de 16% em relação a abril).

 

Posição

Categoria

Faturamento US$

Volume (toneladas)

1

In natura

397.495.980,00

100.943,29

2

Industrializada

58.568.555,00

10.277,01

3

Miúdos

43.454.591,00

17.058,59

4

Tripas

3.940.769,00

1.549,53

5

Salgadas

96.275,00

22,27

 Fonte: ABIEC 

Maisartigos

  • Seleção genômica em Hereford e Braford

    Genética, Informação | 01 de Julho de 2020
    Foto: Associação Brasileira de Hereford e Braford
    Por Marcos Jun-Iti Yokoo Até pouco tempo, nos programas de avaliação genética e seleção de bovinos de corte, a seleção assistida por marcadores moleculares utilizando-se de poucos marcadores do tipo microssatélites, salvo algumas exceções, não foi muito eficiente, uma vez que, geralmente, as características...
  • Tecnologia à frente: Inseminação Artificial avança no primeiro trimestre

    Informação, Mercado | 18 de Junho de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha A ASBIA (Associação Brasileira de Inseminação Artificial), entidade que participo da atual gestão, divulgou publicamente, no início de maio, o relatório INDEX ASBIA 1º Trimestre/2020. Os dados são recebidos de todas centrais afiliadas ...
  • RS - Rumo a um novo status sanitário

    Informação | 04 de Junho de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Livre de Aftosa sem Vacinação
    Por Júlio Barcellos; Tamara E. de Oliveira; Anna I. C. Pereira Suñé


    O contexto: O Estado do Rio Grande do Sul, por meio de seu serviço veterinário oficial e a ação dos pecuaristas, durante os meses de março e abril, realizou a sua última campanha de vacinação previamente à apresen...
  • COVID: o empurrão que faltava aos leilões virtuais e certificados

    Informação, Leilões, Mercado | 15 de Maio de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha As vantagens dos leilões virtuais em relações aos leilões presenciais são inúmeras: não necessidade de transporte do gado para um recinto, venda com o peso da fazenda (sem quebras de transporte e manejo), menor stress para os animais (be...
  • Hereford e Braford: Prova de Avaliação a Campo auxilia na seleção de criadores

    Informação | 26 de Abril de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Realizada anualmente pela Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB), em parceria com a Embrapa Pecuária Sul, de Bagé (RS), a Prova de Avaliação a Campo (PAC) vem trazendo resultados promissores para os criadores das duas raças. Com a finalidade de identificar animais superiores em termos de genética para...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais