Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 14/08/2022

Redes sociais

Agendade eventos

Últimosartigos

Leilões: História, suas Dinâmicas, e Psicologias - Cap.3 - Primeiras feiras e leilões de pecuária na Argentina

Informação | 17 de Novembro de 2016

                                                                                                             Texto de: Celso Jaloto Avila Junior – 17/Nov/2016

Os leilões de bovinos foram mais tardios. Enquanto as atividades leiloeiras se faziam presentes em todos os setores, vendendo os artigos mais diversos, a pecuária ficou a espera do seu momento certo. Esse momento se deu a partir das feiras e exposições de animais selecionados que gradativamente ao melhorar os seus plantéis geravam interesse na aquisição de touros e fêmeas que se destacavam nas exposições.

Se os leilões tiveram força na venda de obras de arte, na pecuária ocorre exatamente a esta semelhança. Ou seja, foram através dos animais de elite que se destacavam nas exposições, que motivaram os interesses para o início dos leilões na pecuária.

Neste particular os nossos vizinhos, Argentina e Uruguai, foram os primeiros a se organizarem para esses eventos. Leiam: “Historia de los remates feria en Argentina: comercialización de ganado en Argentina, Australia, Brasil, Estados Unidos y Uruguay - compilado por Néstor Perez Ortega - Buenos Aires: Cámara Argentina de Consignatarios de Ganado, 2005”.

A primeira mostra expositora de animais ocorre em 1858. Foi realizada no campo próximo a cidade de Buenos Aires onde anos mais tarde foi organizado e construído o parque de exposições de Palermo. Segundo os periodistas da época, foi “assombrosa” a indiferença e desinteresse como foi recebido aquele evento, pelos portenhos. Entretanto, a partir da década de 1890 com as associações rurais organizadas, toma força e maior interesse.

Na verdade os produtores rurais buscaram se organizar através de suas Associações e Sociedades Rurais com a finalidade de somar esforços e buscar a melhoria da sua produção e melhoramento de seus rebanhos, com o incremento de reprodutores premiados ou reprodutores importados de cabanhas estrangeiras.

Destacaram-se como primeiras firmas leiloeiras, sendo fundadas nos seguintes anos: J. M. Méndez (1865), Adolfo Jorge Bullrich (1867), Pedro e Antonio Lanusse (1872), e Mariano Billinghurst. Como curiosidade, a sede a empresa de Bullrich era o prédio onde hoje está o remodelado e luxuoso Centro Comercial “Patio Bullrich”, que leva seu nome e está localizado na cidade de Buenos Aires. Outra curiosidade é que no Mercado de Bovino de Linier, em Buenos Aires, hoje tem um pavilhão com o nome destes dois leiloeiros, Pedro e Antonio Lanusse.

Ilustrações:
• Fotografia da Sociedade Rural de Palermo – Buenos Aires 1875
• Fotografia de Exposição de Palermo – Séc XIX
• Fotografia de uma Feira Antiga – Séc XIX
• Fotografias dos Leiloeiros Precursores da Argentina – Séc XIX

Maisartigos

  • Palavras ao vento? Palestras e eventos...

    Genética, Informação | 15 de Julho de 2022
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Posso me considerar um assíduo frequentador de eventos, desde (e especialmente) à época de estudante de veterinária. Coloque pouco mais de 20 anos no que estou falando. Eventos “raiz”, da época da divulgação na página rural dos jornais e nos cartazes nos murais das faculdades, das agropecuárias e sindicatos ...
  • Australia: 10 dicas para melhores fotos de touros

    Informação | 13 de Julho de 2022
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Enquanto existem fotógrafos profissionais de gado/reprodutores em todo o leste da Austrália que fazem um excelente trabalho, muitos produtores de touros escolhem ou, por necessidade, tirar suas próprias fotos de reprodutores, para catálogos, sites ou publicidade digital/impressa.

    O advento dos smartphones com câmer...
  • Fórum debate a campo seleção por fenótipo e genótipo

    Informação | 24 de Junho de 2022
    Foto: Carolina Jardine
    A seleção de gado de corte avançou muito no Brasil nos últimos anos e trouxe ao criador o desafio de embasar suas escolhas em dois pilares: o fenótipo (escores visuais) e o genótipo (dados e estatísticas). Na tentativa de mostrar a melhor forma de integrar as duas avaliações para maximizar resultados, a Associa...
  • Terneiro: em 2022, meu nome é 3 Dólares

    Informação, Mercado | 15 de Junho de 2022
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso

    Em junho de 2019 escrevi um texto aqui neste espaço, com título: O nome do terneiro gaúcho é R$ 6,50.

    Como ando, muito americanizado e aderindo a alguns estrangeirismos, desta vez, dolarizei o terneiro gaúcho. Agora, ele se chama 3 Dólares. Críticos criticarão. Dirão que o dólar, no ...
  • Podcast na pecuária: dos fãs do rádio para o streaming

    Informação | 15 de Maio de 2022
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso

    Nesta última semana de abril, gravamos mais um episódio dos Agronautas, podcast quinzenal  sobre a pecuária gaúcha. Discutimos um pouco sobre as informações (meio tortas) que são levadas às crianças nas escolas sobre o agronegócio. Os meus parceiros Agronautas acham que o nosso...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais