Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 16/02/2019

Redes sociais

Agendade eventos

Últimosartigos

Leilões: História, suas Dinâmicas, e Psicologias - Cap.3 - Primeiras feiras e leilões de pecuária na Argentina

Informação | 17 de Novembro de 2016

                                                                                                             Texto de: Celso Jaloto Avila Junior – 17/Nov/2016

Os leilões de bovinos foram mais tardios. Enquanto as atividades leiloeiras se faziam presentes em todos os setores, vendendo os artigos mais diversos, a pecuária ficou a espera do seu momento certo. Esse momento se deu a partir das feiras e exposições de animais selecionados que gradativamente ao melhorar os seus plantéis geravam interesse na aquisição de touros e fêmeas que se destacavam nas exposições.

Se os leilões tiveram força na venda de obras de arte, na pecuária ocorre exatamente a esta semelhança. Ou seja, foram através dos animais de elite que se destacavam nas exposições, que motivaram os interesses para o início dos leilões na pecuária.

Neste particular os nossos vizinhos, Argentina e Uruguai, foram os primeiros a se organizarem para esses eventos. Leiam: “Historia de los remates feria en Argentina: comercialización de ganado en Argentina, Australia, Brasil, Estados Unidos y Uruguay - compilado por Néstor Perez Ortega - Buenos Aires: Cámara Argentina de Consignatarios de Ganado, 2005”.

A primeira mostra expositora de animais ocorre em 1858. Foi realizada no campo próximo a cidade de Buenos Aires onde anos mais tarde foi organizado e construído o parque de exposições de Palermo. Segundo os periodistas da época, foi “assombrosa” a indiferença e desinteresse como foi recebido aquele evento, pelos portenhos. Entretanto, a partir da década de 1890 com as associações rurais organizadas, toma força e maior interesse.

Na verdade os produtores rurais buscaram se organizar através de suas Associações e Sociedades Rurais com a finalidade de somar esforços e buscar a melhoria da sua produção e melhoramento de seus rebanhos, com o incremento de reprodutores premiados ou reprodutores importados de cabanhas estrangeiras.

Destacaram-se como primeiras firmas leiloeiras, sendo fundadas nos seguintes anos: J. M. Méndez (1865), Adolfo Jorge Bullrich (1867), Pedro e Antonio Lanusse (1872), e Mariano Billinghurst. Como curiosidade, a sede a empresa de Bullrich era o prédio onde hoje está o remodelado e luxuoso Centro Comercial “Patio Bullrich”, que leva seu nome e está localizado na cidade de Buenos Aires. Outra curiosidade é que no Mercado de Bovino de Linier, em Buenos Aires, hoje tem um pavilhão com o nome destes dois leiloeiros, Pedro e Antonio Lanusse.

Ilustrações:
• Fotografia da Sociedade Rural de Palermo – Buenos Aires 1875
• Fotografia de Exposição de Palermo – Séc XIX
• Fotografia de uma Feira Antiga – Séc XIX
• Fotografias dos Leiloeiros Precursores da Argentina – Séc XIX

Maisartigos

  • Mitos e verdades do cruzamento (Por B. Lynn Gordon, Beef Magazine)

    Informação | 26 de Janeiro de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Os Cruzamentos e a heterose resultante têm sido utilizados por gerações. Mas ainda restam discussões.

    Há sempre muita discussão e debate na pecuária de corte sobre o cruzamento. Dois pesquisadores da Universidade Estadual do Kansas se uniram para responder a algumas das perguntas mais comuns que os pecuaristas faz...
  • Idade da vaca e produtividade (Quando ela está velha demais?) - Derrel Peel (Oklahoma University, EUA)

    Informação | 16 de Janeiro de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Outubro é tradicionalmente época de desmame dos bezerros e o descarte de vacas para a temporada de parição na primavera nos EUA. No momento de descarte de matrizes os criadores enfrentam decisões difíceis. O descarte ótimo no rebanho requer uma bola de cristal afiada que poderia ver o futuro.

    Se o regime de chuvas...
  • Carne gaúcha: uma trajetória de terra, campo e gente (Por Roberto Grecellé - SEBRAE)

    Informação | 14 de Janeiro de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    O dia a dia da pecuária de corte brasileira tem sido em favor da qualidade da carne produzida. Nas fazendas e nas indústrias, seja pelo zelo, pelos investimentos ou pelo aperfeiçoamento nos processos produtivos, os atores desta cadeia se empenham em produzir a cada dia uma carne de qualidade superior. Sim, é possíve...
  • Pecuária de corte: uma opinião para o novo governo

    Informação | 13 de Janeiro de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Júlio Barcellos, Prof. Titular, Fac. de Agronomia – NESPro/UFRGS

    Numa análise mais crítica, é preciso entender que desde que surgiu a palavra agronegócio em nosso vocabulário, é afirmado que em todas as suas dimensões só ocorrem “maravilhas”. O que é um profundo equívoco, quase viciado, de quem defe...
  • Comunicação como insumo fundamental para o agro

    Informação, Mercado | 11 de Janeiro de 2019
    Foto: AgroEffective
    Nestor Tipa Júnior
    Jornalista e pós graduado em Marketing no Agronegócio. Sócio-diretor da AgroEffective A agropecuária faz parte de um dos setores mais sensíveis à críticas e informações prejudiciais no Brasil. A opinião pública, por vezes, é severa nas cobranças aos produtores rurais e agroindústrias. Ba...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais