Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 17/06/2019

Redes sociais

Agendade eventos

Últimosartigos

Leilões: História, suas Dinâmicas, e Psicologias - Cap.3 - Primeiras feiras e leilões de pecuária na Argentina

Informação | 17 de Novembro de 2016

                                                                                                             Texto de: Celso Jaloto Avila Junior – 17/Nov/2016

Os leilões de bovinos foram mais tardios. Enquanto as atividades leiloeiras se faziam presentes em todos os setores, vendendo os artigos mais diversos, a pecuária ficou a espera do seu momento certo. Esse momento se deu a partir das feiras e exposições de animais selecionados que gradativamente ao melhorar os seus plantéis geravam interesse na aquisição de touros e fêmeas que se destacavam nas exposições.

Se os leilões tiveram força na venda de obras de arte, na pecuária ocorre exatamente a esta semelhança. Ou seja, foram através dos animais de elite que se destacavam nas exposições, que motivaram os interesses para o início dos leilões na pecuária.

Neste particular os nossos vizinhos, Argentina e Uruguai, foram os primeiros a se organizarem para esses eventos. Leiam: “Historia de los remates feria en Argentina: comercialización de ganado en Argentina, Australia, Brasil, Estados Unidos y Uruguay - compilado por Néstor Perez Ortega - Buenos Aires: Cámara Argentina de Consignatarios de Ganado, 2005”.

A primeira mostra expositora de animais ocorre em 1858. Foi realizada no campo próximo a cidade de Buenos Aires onde anos mais tarde foi organizado e construído o parque de exposições de Palermo. Segundo os periodistas da época, foi “assombrosa” a indiferença e desinteresse como foi recebido aquele evento, pelos portenhos. Entretanto, a partir da década de 1890 com as associações rurais organizadas, toma força e maior interesse.

Na verdade os produtores rurais buscaram se organizar através de suas Associações e Sociedades Rurais com a finalidade de somar esforços e buscar a melhoria da sua produção e melhoramento de seus rebanhos, com o incremento de reprodutores premiados ou reprodutores importados de cabanhas estrangeiras.

Destacaram-se como primeiras firmas leiloeiras, sendo fundadas nos seguintes anos: J. M. Méndez (1865), Adolfo Jorge Bullrich (1867), Pedro e Antonio Lanusse (1872), e Mariano Billinghurst. Como curiosidade, a sede a empresa de Bullrich era o prédio onde hoje está o remodelado e luxuoso Centro Comercial “Patio Bullrich”, que leva seu nome e está localizado na cidade de Buenos Aires. Outra curiosidade é que no Mercado de Bovino de Linier, em Buenos Aires, hoje tem um pavilhão com o nome destes dois leiloeiros, Pedro e Antonio Lanusse.

Ilustrações:
• Fotografia da Sociedade Rural de Palermo – Buenos Aires 1875
• Fotografia de Exposição de Palermo – Séc XIX
• Fotografia de uma Feira Antiga – Séc XIX
• Fotografias dos Leiloeiros Precursores da Argentina – Séc XIX

Maisartigos

  • Pablo Bove Itzaina: “O show é caro para a Brangus aqui no Uruguai”

    Exposição, Informação | 16 de Junho de 2019
    Foto: El País
    Por Pablo Mestre/El Pais Rurales (15/06/19) 

    A los 31 años fue el jurado más joven de la Expo Nacional Brangus en Argentina que reunió a 450 reproductores de 70 cabañas. Aseguró que se enfrentó al mejor Brangus de la región y se mostró emocionado por la distinción de los criadores del vecino país. El director d...
  • O nome do terneiro gaúcho é R$ 6,50

    Informação | 14 de Junho de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha

    Na data que redijo este texto (23/05), está praticamente encerrada a temporada de outono das feiras de terneiros no Rio Grande do Sul. Restam ainda alguns leilões neste final de maio e início de junho, mas estamos quase no fim. Quando os a...
  • Brangus: ABB e Ufrgs assinam convênio de cooperação técnica

    Informação | 10 de Junho de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Acordo prevê atividades de pesquisa na área de tecnologia de imagens e transferência de material genético e equipamentos Um convênio de Cooperação Técnica entre a Associação Brasileira de Brangus (ABB) e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul foi assinado nesta segunda-feira, 10 de junho, em Porto Alegre ...
  • Santa Maria sediou a III Exposição Nacional de Rústicos Brangus

    Exposição, Informação | 07 de Junho de 2019
    Foto: Bezier Filmes
    A III Exposição Nacional de Rústicos Brangus, promovida pelo Núcleo Brangus Sul, ocorreu nos dias 15 a 17 de maio no Parque de Exposições da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e integrou a programação da 28ª edição da Encorte. O julgamento, realizado no dia 17, contou com a participação de dez criat...
  • MAPA: Avançam negociações para exportação de gado vivo para Laos

    Informação | 03 de Junho de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Secretário adjunto de Comércio e Relações Internacionais do Mapa esteve no país na última semana em missão oficial
    O governo de Laos vai enviar cartas oficiais aprovando integralmente os requisitos propostos pelo Brasil para a exportação de animais vivos (bovinos para reprodução, engorda e abate) e carne de ave...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais