Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 09/12/2019

Redes sociais

Agendade eventos

Últimosartigos

Leilões: História, suas Dinâmicas, e Psicologias - Cap.3 - Primeiras feiras e leilões de pecuária na Argentina

Informação | 17 de Novembro de 2016

                                                                                                             Texto de: Celso Jaloto Avila Junior – 17/Nov/2016

Os leilões de bovinos foram mais tardios. Enquanto as atividades leiloeiras se faziam presentes em todos os setores, vendendo os artigos mais diversos, a pecuária ficou a espera do seu momento certo. Esse momento se deu a partir das feiras e exposições de animais selecionados que gradativamente ao melhorar os seus plantéis geravam interesse na aquisição de touros e fêmeas que se destacavam nas exposições.

Se os leilões tiveram força na venda de obras de arte, na pecuária ocorre exatamente a esta semelhança. Ou seja, foram através dos animais de elite que se destacavam nas exposições, que motivaram os interesses para o início dos leilões na pecuária.

Neste particular os nossos vizinhos, Argentina e Uruguai, foram os primeiros a se organizarem para esses eventos. Leiam: “Historia de los remates feria en Argentina: comercialización de ganado en Argentina, Australia, Brasil, Estados Unidos y Uruguay - compilado por Néstor Perez Ortega - Buenos Aires: Cámara Argentina de Consignatarios de Ganado, 2005”.

A primeira mostra expositora de animais ocorre em 1858. Foi realizada no campo próximo a cidade de Buenos Aires onde anos mais tarde foi organizado e construído o parque de exposições de Palermo. Segundo os periodistas da época, foi “assombrosa” a indiferença e desinteresse como foi recebido aquele evento, pelos portenhos. Entretanto, a partir da década de 1890 com as associações rurais organizadas, toma força e maior interesse.

Na verdade os produtores rurais buscaram se organizar através de suas Associações e Sociedades Rurais com a finalidade de somar esforços e buscar a melhoria da sua produção e melhoramento de seus rebanhos, com o incremento de reprodutores premiados ou reprodutores importados de cabanhas estrangeiras.

Destacaram-se como primeiras firmas leiloeiras, sendo fundadas nos seguintes anos: J. M. Méndez (1865), Adolfo Jorge Bullrich (1867), Pedro e Antonio Lanusse (1872), e Mariano Billinghurst. Como curiosidade, a sede a empresa de Bullrich era o prédio onde hoje está o remodelado e luxuoso Centro Comercial “Patio Bullrich”, que leva seu nome e está localizado na cidade de Buenos Aires. Outra curiosidade é que no Mercado de Bovino de Linier, em Buenos Aires, hoje tem um pavilhão com o nome destes dois leiloeiros, Pedro e Antonio Lanusse.

Ilustrações:
• Fotografia da Sociedade Rural de Palermo – Buenos Aires 1875
• Fotografia de Exposição de Palermo – Séc XIX
• Fotografia de uma Feira Antiga – Séc XIX
• Fotografias dos Leiloeiros Precursores da Argentina – Séc XIX

Maisartigos

  • Anguistas e branguistas: é passada a hora do marmoreio

    Genética, Informação | 18 de Novembro de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha

    A essa altura do campeonato da carne de qualidade no Brasil, zero novidade falar em marmoreio. Mas, para os selecionadores, especialmente das raças Angus e Brangus, é o momento de olhar e agir com mais atenção para animais superiores genetica...
  • Aliança Braford faz R$ 8,3 mil para touros em Lavras do Sul

    Informação | 27 de Outubro de 2019
    Foto: Katega Vaz
    Dando continuidade aos remates oficializados pela Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB), foi realizado no último sábado, dia 19 de outubro, no Sindicato Rural de Lavras do Sul (RS), mais uma edição do Remate Aliança Braford, promovido pelas Estâncias Cochilhas, Pontezuela, Três Marias e São Bento. ...
  • Touros: do Colonial ao Genômico

    Genética, Informação | 15 de Outubro de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha

    Redigo, hoje, influenciado pela atmosfera da temporada de primavera do Rio Grande do Sul, pois já foi dada alargada e ainda estou envolvido com acertos, fretes e documentos de alguns touros adquiridos para clientes no leilão da GAP Genética. R...
  • Genética Nacional: Panorama dos touros Angus e Brangus nas centrais de inseminação

    Genética, Informação, Mercado | 16 de Setembro de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Angus, Nelore e Brangus dominam o mercado de inseminação de bovinos de corte no Brasil. Exagero? Vamos aos números. Conforme a ASBIA, em 2018, as raças de corte venderam, no Brasil, aproximadamente, 9,6 milhões de doses. Da raça Angus, 4,9 milhões de doses foram vendidas; seguida por Nelore, com 3,3 milhões; e Br...
  • Touro Dupla Marca é a geladeira com selo A

    Genética, Informação | 15 de Agosto de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Redigir e discutir critérios de escolha de touros é tema que se repete, mas é matéria sem fim e que se renova a cada temporada de leilões de reprodutores e aquisição de sêmen. A necessidade se apresenta a cada ano, e os fatores que participam da decisão vão se tornando mais complexos com a incorporação cresce...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais