Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 13/10/2019

Redes sociais

Agendade eventos

Últimosartigos

Leilões: História, suas Dinâmicas, e Psicologias - Cap. 4 - Início dos leilões feiras na Argentina

Informação | 17 de Novembro de 2016

                                                                                                              Texto de: Celso Jaloto Avila Junior – 17/Nov/2016

Com as Associações Rurais organizadas, foi mais do que natural o fomento para que os produtores reunissem em uma FEIRA, os produtos da produção de um município ou mesmo região. Foi o que aconteceu a partir de 1890. Surgiu a figura do “feriero”, ou seja, o encarregado da organização de uma feira de bovinos, que ocorriam em uma propriedade particular ou municipal. Ali eram leiloados três categorias de animais: para abate (já gordos), para invernar (engordar) e para criar.

Estas feira surge impulsionada pela necessidade de dar apoio a pequenos e médios produtores do interior que desejavam comercializar seus produtos sem ter que deslocar grandes distâncias até aos maiores centros. Este incremento ganha força, pois o comercio de gado se democratiza e rapidamente surge em toda a Argentina mais de duzentas empresas envolvidas neste comércio de leilão em feiras distribuídas em todo território.

O PRIMEIRO REMATE FEIRA registrado se realizou no dia 17 de novembro de 1893, na localidade de JEPPENER (Província de Buenos Aires) e foi realizado pela firma leiloeira ALCHOURRON HERMANOS, que havia sido fundada no ano anterior por BAUTISTA ALCHOURRON BELHEUMEUR, nascido em 1862 em Chascomús (Província de Buenos Aires) e falecido em dezembro de 1938.

Para nós esse tipo de negociação é aparentemente simples, mas quando Alchourron propôs, em 1892, esse tipo de leilão foi algo inovador. Isso permitiu pulverizar o mercado de gado, descongestionar os mercados regionais, diminuir gastos com fretes e facilitar o crédito agropecuário que até então era limitado.

Com o êxito obtido pelo primeiro remate, em seguida foram surgindo os demais como no ano de 1895 em RUFINO (Província de Santa Fé), e no ano de 1897 em LABOULAYE (Província de Córdoba).

O SEGUNDO REMATE FEIRA registrado se realizou no dia 18 de março de 1894, na localidade de BAHIA BLANCA e foi realizado pela firma leiloeira de RAMÓN OLACIREGUI, nascido em 1867 e falecido em dezembro de 1949.

Empresas e leiloeiros foram surgindo. Algumas foram mudando de nome pela aquisição de outra pessoa, passando de pai para filho, ou mesmo com a fusão de uma terceira. Negociações tal como acontecem até hoje. E assim foi se desenvolvendo os remates. Alguns grandes de sete mil ou dez mil cabeças em um só leilão e se sucediam de cidades em cidades.

A movimentação era grande, tal como os periodistas nos relatam o cotidiano da época:
“......con la llegada de hombres de trabajo, domadores, reseros que a lo mejor enganchaban outro viaje de vuelta a pagos lejanos, para amansar los chúcaros, com la llegada de invernadores y estancieros de los alfalfares del norte y del oeste.”

Ilustrações:
• Fotografia de Remate bovino na Argentina – Junin 1914
• Fotografia de Remate antigo na Argentina
• Fotografia de Remate na década de 60 na Argentina

Maisartigos

  • Genética Nacional: Panorama dos touros Angus e Brangus nas centrais de inseminação

    Genética, Informação, Mercado | 16 de Setembro de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Angus, Nelore e Brangus dominam o mercado de inseminação de bovinos de corte no Brasil. Exagero? Vamos aos números. Conforme a ASBIA, em 2018, as raças de corte venderam, no Brasil, aproximadamente, 9,6 milhões de doses. Da raça Angus, 4,9 milhões de doses foram vendidas; seguida por Nelore, com 3,3 milhões; e Br...
  • Touro Dupla Marca é a geladeira com selo A

    Genética, Informação | 15 de Agosto de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Redigir e discutir critérios de escolha de touros é tema que se repete, mas é matéria sem fim e que se renova a cada temporada de leilões de reprodutores e aquisição de sêmen. A necessidade se apresenta a cada ano, e os fatores que participam da decisão vão se tornando mais complexos com a incorporação cresce...
  • A internet, os acessos e a revista impressa

    Genética, Informação | 13 de Julho de 2019
    Foto: Assessoria de Imprensa ABS
    Acredito que todo aquele que escreve uma coluna, um artigo ou uma crônica tenha muita curiosidade de saber se é lido, se é lido por muitos, se o tempo dedicado em reunir palavras e ideias gerou interesse e teve utilidade para quem o lê. Não é busca por aprovação ou aplausos, mas o interesse
    real em saber a opiniã...
  • Austrália: quais touros Angus são os mais influentes da raça?

    Informação | 25 de Junho de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Em associação com as comemorações do centenário da Angus Austrália, o Dr. Sam Clark, Professor Sênior de Genética Animal na Universidade da New England, pesquisou os touros mais influentes da raça Angus desde 1990. Veja as informações nos vídeos publicados o site da Angus Austrália. Clique aqui. 

    A publica...
  • Pablo Bove Itzaina: “O show é caro para a Brangus aqui no Uruguai”

    Exposição, Informação | 16 de Junho de 2019
    Foto: El País
    Por Pablo Mestre/El Pais Rurales (15/06/19) 

    A los 31 años fue el jurado más joven de la Expo Nacional Brangus en Argentina que reunió a 450 reproductores de 70 cabañas. Aseguró que se enfrentó al mejor Brangus de la región y se mostró emocionado por la distinción de los criadores del vecino país. El director d...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais