Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 18/04/2019

Redes sociais

Agendade eventos

Últimosartigos

Leilões: História, suas Dinâmicas, e Psicologias - Cap. 9 - Significado do martelo do leiloeiro

Informação | 17 de Novembro de 2016
Texto de: Celso Jaloto Avila Junior – 17/Nov/2016

Na antiguidade alguns sacerdotes, reis e autoridades empunham um CAJADO, quando presidiam os cultos ou reuniões públicas. Eles o utilizavam, batendo no chão, para chamar a atenção da assembleia ali reunida, quando alguém se pronunciava, ou para dar um veredicto final.

Com o tempo esse cajado foi substituído por um CETRO que continuou ser usado por autoridades para oficializar a função a qual ela ali estava empossada e representando uma assembleia ou mesmo uma nação. Aliás, na língua grega “cetro” tem o significado de “bastão curto”.

Já em período contemporâneo os juízes do direito passaram a usar um martelo de madeira para pedir ordem em uma sessão do tribunal ou mesmo para dar o veredicto de um julgamento. No Brasil ele nunca foi usado e foi substituído por uma campainha. Entretanto, o martelo do juiz teve sua origem em referência a mitologia escandinava, em uma referência a THOR, o deus dos trovões. E em sentido figurado o juiz, por meio do martelo, faz lembrar aos presentes sua autoridade máxima nas decisões finais.

Por analogia a tudo isso, nos leilões, o martelo representa o sinal de alerta, bem como o sinal do fechamento do negócio, quando percutido sobre uma base ou na própria mesa ou púlpito do leiloeiro. Portanto, ao ser “arrematado” um bem, quem oferecer o maior lance, a partir “da batida do martelo”, do leiloeiro, passa a ser o dono da mercadoria leiloada, que a partir daí estará por conta e risco do comprador.

Nos regulamentos dos leilões, sempre está escrito: “a venda considerará efetuada com a batida do martelo, momento em que as partes, compradores e vendedores, estarão obrigados ao cumprimento do negócio fechado”; e também: “o vendedor será responsável pelo pagamento da comissão de venda, a qual recai sobre o valor do lote no momento da batida do martelo”.

A ação do martelo do juiz não é o mesmo do leiloeiro. Apenas para ilustrar vamos lembrar a obra “Mercador de Veneza”, de William Shakespeare. Num processo judicial, onde está em causa a cobrança de uma dívida não paga. Um leiloeiro, nomeado pelo juiz, também usa um martelo para, em um pregão público, leiloar os bens penhorados do devedor inadimplente. Ao bater do martelo do leiloeiro, serve de sinal, também, para conhecerem o resultado final do processo. Observa-se claramente a diferença de finalidades entre os dois martelos. O do juiz e o do leiloeiro. Uma sentença jamais pode ser arrematada, como se pudesse ser posta em leilão, oferecida à melhor oferta de pagamento.

Ilustrações:
• Martelos de Leiloeiros.

Maisartigos

  • Como produzir o Touro Jovem Angus nº1? (Ou em outra raça)

    Genética, Informação, Mercado | 15 de Abril de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Envolvido em nossas tarefas rotineiras com reprodutores e, atualmente, mais com doadores de sêmen ou candidatos a tal, troquei, em 21 de março, várias mensagens com o nosso colega e cliente Ney Conti, da empresa Zebu Fértil. Em uma delas, revisando documentos de novos touros Angus que terão sêmen coletado, falávam...
  • IATF gera ganhos que superam R$ 3,5 bilhões nas cadeias de produção de carne e de leite

    Genética, Informação, Mercado | 28 de Março de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Boletim Eletrônico do Departamento de Reprodução Animal/FMVZ/USP
    Edição 2, de 21 de março de 2019

    (Cada R$1,00 investido na tecnologia gera retorno de R$4,50; Mercado conta com 3.800 especialistas no campo) Segundo estimativas do Departamento de Reprodução Animal da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da ...
  • Céu de brigadeiro para a terneirada

    Genética, Informação, Mercado | 15 de Março de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha Os analistas de mercado se debruçam sobre séries históricas de preços, estoque, abates, mercado futuro, mercado de grãos, precipitação, cenários políticos e econômicos nacional e internacional para traçar tendências de preço para o...
  • Embrapa: Algoritmos no comando das nossas vidas

    Genética, Informação, Mercado | 19 de Fevereiro de 2019
    Foto: Imagens da Internet
    Algoritmos fazem, cada vez mais, parte das nossas vidas, razão por que precisamos entender o que são e as possibilidades que nos oferecem. É fácil entender a função dos algoritmos quando os comparamos, por exemplo, a uma simples receita. Para fazer um bolo é necessário seguir um conjunto definido de instruções ...
  • "Debreia" nas DEPs

    Genética, Informação, Mercado | 15 de Fevereiro de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha

    Não se assustem, pois não venho aqui questionar ou criticar o uso dos dados dos programas de melhoramento de bovinos, pois participo desta igreja e também sou um pregador da seleção objetiva. Talvez eu faça mais esta pregação que muitos p...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais