Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 31/03/2020

Redes sociais

Agendade eventos

Últimosartigos

Angus Austrália: por mais benefícios da genômica

Informação | 14 de Março de 2017

GENÔMICA, o termo dado para descrever um gama de tecnologias baseadas em DNA relacionadas à estrutura, função, evolução e mapeamento de genomas, é uma ciência que recebe muito interesse em todo o mundo entre criadores de todas espécies.

Em abril de 2011, o primeiro grupo de EBVs (Estimated Breeding Value) foi calculado na avaliação genética do Angus BreedPlan incluindo informação genômica.
Este foi o anúncio de uma nova era para avaliação genética de animais Angus na Austrália e Nova Zelândia, com estimativas genômicas agora analisadas na rotina da avaliação genética no Angus BreedPlan para mais de 20.000 animais, de 5 diferentes produtos genômicos, e para até 14 diferentes características.

Embora a inclusão de informações genômicas tenha se tornado padrão no Angus BreedPlan, esta é uma ciência em evolução. Pesquisadores da Austrália e de outros países estão continuamente procurando melhores formas e mais eficientes de utilizar a informação na avaliação genética.

Uma forma diferente de usar a genômica
O procedimento corrente para incorporação da informação genômica no Angus BreedPlan usa um processo de 2 passos:

Passo 1 – envolve o uso de dados genômicos para gerar uma predição genômica do mérito genética do animal. Este resultado é referido usualmanete como MVB (Molecular Breeding Value) ou MVP (Molecular Value Prediction).


Passo 2 – combina a predição genômica do animal com o seu EBV tradicional, calculado a partir das informações de genealogia (pedigree) e desempenho, para gerar um EBV com maior acurácia. Este processo de combinar a previsão genômica e EBV é conhecido por “blend” (mistura).

Embora o modelo de análise em dois passos represente a abordagem mais sofisticada disponível no momento, diferente metodologias usando dados genômicos já foram desenvolvidas para uso mais efetivo e apropriado.

A Angus Austrália está agora trabalhando em colaboração com o pessoal da Animal Genetics & Breeding Unit (AGBU), o Instituto de Pesquisa Agropecuária (ABRI) e a Associação de Angus da Nova Zelândia, para implementar uma nova abordagem para a incorporação de dados genômicos no cálculo de EBVs no Angus BreedPlan.

Conhecido como “passo único” (single step), o novo modelo de análise utiliza simultaneamente informações genômicas, de pedigree e desempenho, colocando ênfase apropriada em todas as fontes de informações disponíveis, buscando gerar a melhor predição do mérito genético dos animais.

Vantagens do novo modelo de análise
A principal vantagem da nova metodologia é como as relações entre os animais são determinadas.
Com a abordagem tradicional baseada em pedigree, a relação entre os animais no Angus BreedPlan são determinadas somente pela genealogia. Por exemplo, os pedigrees irão predizer a mesma relação genética entre irmãos inteiros é 0,5, considerando que irmãos inteiros devem ter 50% de genes em comum quando calculadas os EBVs baseados em pedigree.

Compreendendo a forma como o DNA é herdado, é sabido que haverá variação entre esta relações, e a relação genética entre irmãos inteiros deve variar entre 0,4 a 0,6. 

Da mesma forma, o pedigree pode predizer que dois animais não estão relacionados, mas na realidade, os animais podem ter genes em comum, e ter relação genética maior que 0.

A nova abordagem de “passo único” melhora a precisão que os EBVs são calculados através de uma melhor quantificação das relações genéticas, utilizando a genômica e o pedigree para determinar a relação genética entre os animais.

Outros benefícios
Adicionalmente a melhor determinação da relação genética entre os animais, o “passo único” possui outros benefícios, incluindo:

  • Qualquer erro no pedigree dos animais será minimizado; 
  • A informação genômica não contribuirá somente para os EBVs do animal que foi genotipado, mas também contribuirá para os EBVs dos animais aparentados; 
  • A informação genômica contribuirá para todos EBVs calculados no BreedPlan e não somente para as 14 características iniciais. Não será ainda o uso para Facilidade de Parto Direta, Facilidade de Parto das Filhas, Docilidade e Escores Estruturais, pois são requeridos trabalhos futuros para estas características; 
  • A necessidade da frequente recalibração das equações de predição é dispensada, pois os efeitos genômicos estão sendo atualizados a cada vez que uma análise genética é conduzida no BreedPlan; 
  • O resultado final é que o novo método utilizará de forma otimizada as informações disponíveis e fornecerá aos criadores de Angus na Austrália e Nova Zelândia e melhor estimativa possível do mérito genético dos animais;

A implementação da metodologia “passo único” é um alta prioridade para a Angus Austrália e Angus NZ e deverá ocorrer na avaliação de dezembro/2017 do BreedPlan.


Fonte: Angus Australia / Beef Central
Traduzido e resumido pela Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha

Maisartigos

  • Produção de touros: negócio para especialista

    Genética, Informação | 15 de Março de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha

    Na pecuária de corte, algumas pessoas dividem os produtores em dois grupos: o do pecuarista comercial, dedicado a produzir terneiros, à recria ou a animais para abate; e o do pecuarista produtor de touros, envolvido com rebanhos de gado “puro...
  • Os benefícios visíveis do quilo da carne

    Carne, Informação | 28 de Fevereiro de 2020
    Foto: Imagens da Internet
    Na segunda-feira, dia 17, o artigo “Os custos invisíveis do quilo da carne”, publicado nesta Folha, sugeriu a relação entre impostos e desmatamento, raciocínio formulado a partir de dois estudos recentes. Sem nenhuma repreensão aos autores, julgamos importante esclarecer alguns pontos para que decisões equivoca...
  • O diálogo necessário entre agricultura e meio ambiente

    Informação | 28 de Fevereiro de 2020
    Foto: Imagens da Internet
    Em vez do ‘nós contra eles’, é preciso compatibilizar as agendas globais do clima e da alimentação. Os dois setores da economia brasileira com maior visibilidade global são a agricultura e o meio ambiente. O protagonismo da agricultura brasileira se dá no comércio global de commodities agropecuárias. Nossa ...
  • Negocio Direto: fazendo em vez de esperar

    Informação, Mercado | 14 de Fevereiro de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha

    A ação é melhor que a inércia. Quem sabe faz a hora, não espera acontecer. Se Maomé não vai à montanha, a montanha vai a Maomé, e por aí vai. O propósito deste meu texto é compartilhar algumas informações sobre o Grupo de Produtores...
  • EAD pode causar prejuízos na formação do médico veterinário

    Informação | 09 de Fevereiro de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por João Carlos Gonzales, presidente da Academia Rio-Grandense de Medicina Veterinária

    A recente autorização governamental para que instituições com curso de medicina veterinária utilizem 40% do tempo na forma de ensino a distância (EAD), isto é, por correspondência e/ou internet, despertou a atenção para pos...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais