Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 20/10/2017

Redes sociais

Agendade eventos

Últimosartigos

Touros? Antes do animal escolha o rebanho certo

Genética | 07 de Agosto de 2017

Por Fernando Furtado Velloso 
Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha 

 

 O touro é um insumo tão importante na pecuária como a semente é na agricultura. Considerando o impacto do reprodutor no rebanho (positivo ou negativo) do ponto de vista do tempo, o touro é um insumo ainda mais importante que a semente. O acerto (ou erro) na escolha não se dará no período restrito de uma safra, mas no mínimo por 18 meses (gestação mais tempo para desmame). Se o produtor retiver os filhos deste reprodutor para engorda ou as fêmeas para a cria o período de impacto será muito maior e alcançará vários anos no desempenho produtivo e econômico da propriedade. Compreendido isto fica fácil aceitar que a escolha do rebanho de origem dos touros (o fornecedor) é mais importante do que o próprio animal, pois os o sistema de produção e seleção do rebanho de origem será o pacote tecnológico contido no animal.

Algumas características que fazem um bom rebanho fornecedor de genética estão nos próximos 4 itens:

         1. Rebanho que faça de seleção de verdade

Um rebanho para, verdadeiramente, se intitular de “selecionador” deve tem um sistema de seleção com critérios bem definidos e disciplina para aplicá-los anualmente. Desta forma, serão continuamente medidos os dados de desempenho dos animais, descartados os inferiores e multiplicados intensivamente os indivíduos superiores (via inseminação ou transferência de embriões). Este conceito pode parecer demasiado simples e óbvio, mas saiba que poucos produtores de touros o aplicam com continuidade e rigor.
 
         2. Rebanho com produção de gado comercial (bezerros ou abate) 

O vendedor de touros precisa conhecer e dominar as “dores” do pecuarista. As necessidades e dificuldades da pecuária comercial (na produção de bezerros ou engorda) devem ser minimizadas através de um bom touro. O desempenho que o pecuarista busca através da boa taxa de prenhez, bom peso ao desmame, bom ganho de peso no confinamento deve ser potencializado pelo bom touro. O produto que o mercado quer deve ser produzido por um bom touro.
O vendedor de touros que também atua no segmento comercial entende destas dores e da contribuição de um bom touro, pois usa em seu rebanho e vê no dia a dia as características que contribuem com a produção ou não.

         3. Rebanho que conheça e faça cruzamento

A maioria dos touros Angus ofertados no mercado do PR são destinados para cruzamento com matrizes zebuínas ou cruzadas. Os produtos deste cruzamento abastecem os confinamentos e áreas de pastagens para terminação.

O produtor de touros deve produzir animais que sejam complementares as fêmeas zebuínas e que ofereçam as características buscadas e necessárias para quem faz cruzamento (alto de desempenho em ganho de peso, facilidade de engorde, qualidade de carcaça, etc).

         4. Rebanho que você confie

Um insumo tão importante para o pecuarista como o touro não pode vir de um rebanho que sabemos pouco ou de um vendedor “eventual” de reprodutores. Precisamos confiar na seriedade e credibilidade de nosso fornecedor de touros, pois assim teremos a tranquilidade de saber que tudo foi feito para que animais “problema” fossem retirados do rebanho e que todos os dados e índices tem a maior correção possível.

Fico satisfeito em trabalhar para um rebanho como a ANGUS RIO DA PAZ, pois tenho convicção que as 4 características buscadas num bom fornecedor de touros são a realidade da fazenda:


        1. Na ANGUS RIO DA PAZ o programa de seleção é verdadeiro e cumprido com disciplina. Não existe hesitação para castrar animais negativos e para descartar matrizes menos produtivas;


        2. Na ANGUS RIO DA PAZ os reprodutores (via touro ou sêmen) são usados no rebanho comercial e produzidos bezerros para o confinamento da fazenda. Quando se avaliam os produtos dos reprodutores em condições comerciais podemos afirmar que sabemos o que é bom ou não na pecuária comercial;


        3. Na ANGUS RIO DA PAZ a genética Angus é usada em programas de cruzamento e a fazenda mantém um rebanho Nelore e também de matrizes cruzadas, podendo assim afirmar que o cruzamento adiciona produtividade e resultado econômica para a propriedade.


        4. Na ANGUS RIO DA PAZ a produção de touros é considerado algo muito sério e você pode confiar que o máximo está sendo feito para a satisfação de seus clientes. Gente séria e touros bons andam juntos.

Dedique tempo para estudar as informações contidas no Catálogo Rio da Paz 2017. Conte com o nosso apoio para esclarecer qualquer dúvida. Invista tempo para escolher o touro mais apropriado para o seu rebanho e sistema de produção. Os produtos lhe dirão que foi uma escolha acertada.

* Artigo Publicado Catálogo - 9º Leilão Seleção - ANGUS RIO DA PAZ

Maisartigos

  • Crie, cruze e não faça careta

    Genética, Informação | 10 de Outubro de 2017
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha

    O cruzamento entre raças é uma das técnicas mais testadas, pesquisadas e comprovadas em pecuária de corte. A decisão de cruzar diferentes raças pode impactar grandemente o desempenho dos animais, aumentar a produtividade e rentabilidade d...
  • Por que utilizar SNPs é mais vantajoso do que Microssatélites (STRs) para determinação de paternidade em bovinos?

    Genética | 21 de Setembro de 2017
    Foto: Divulgação/Assessoria
                                                                                                                                                               Por: Fernanda Varnieri Brito
                                            ...
  • Carlos Nabinger: Carne não é cigarro

    Carne | 17 de Setembro de 2017
    Foto: Tadeu Vilani / Agência RBS
    Ser vegetariano ou vegano é uma decisão individual à qual não cabe contestação. Respeito a posição manifestada pela jornalista Claudia Laitano em seu artigo “Verde é a cor mais quente” no caderno Doc. de Zero Hora do último fim de semana. Mas, para isso não se deve culpabilizar hábitos alimentares que a...
  • A utilização de Touros Jovens como Ferramenta para o Melhoramento Genético

    Genética | 15 de Setembro de 2017
    Foto: Associação Brasileira de Hereford e Braford
    Por: Marcos Jun-Iti Yokoo: Zootecnista, Doutor (D.Sc.) em Genética e Melhoramento Animal com ênfase em Genética Quantitativa, pesquisador da Embrapa Pecuária Sul

    O melhoramento genético animal tem por finalidade aprimorar o desempenho dos animais em um rebanho, utilizando basicamente duas ferramentas, a seleção ...
  • Contribuição da transferência de embriões para o melhoramento genético do Hereford e Braford através do PampaPlus

    Genética | 15 de Setembro de 2017
    Foto: Associação Brasileira de Hereford e Braford
    Por: Fernando F. Cardoso; Médico Veterinário, M.S., Ph.D., Chefe Adjunto de PD&I Pesquisador A - Melhoramento Genético Animal, Embrapa Pecuaria Sul 

    O uso das técnicas de transferência de embriões (TE) e fertilização in vitro (FIV) nos rebanhos Hereford e Braford tem sido crescido nos últimos anos com objetivo d...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais