Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 03/04/2020

Redes sociais

Agendade eventos

Últimosartigos

Como implodir a sua seleção em 10 lições

Genética, Informação | 06 de Setembro de 2017

Como implodir a sua seleção em 10 lições

Foto: Divulgação/Assessoria

Por Luiz Antonio Josahkian 

1.Apenas pense no tipo de gado que gostaria de ter e estabeleça seu critério de seleção com base nisso, confiante de que querer é poder.

2. Não dê importância ao mercado. Bobagem, cedo ou tarde ele vai se moldar ao seu negócio.

3. Desista completamente de implantar uma escrituração zootécnica confiável. Afinal de contas, você conhece todo o rebanho e não precisa dessa burocracia enorme criada por um chato de plantão.

4. Adultere de vez em quando alguns dados, se isto te trouxer um benefício extra, ainda que momentâneo. Você sabe que é fácil e, afinal de contas, os genes nem vão se importar com isso.

5. Não meça nada no seu rebanho. Não pese, não avalie com nenhum método. Não faça nada mesmo. Isso dá muito trabalho e não leva a lugar nenhum. Seria um desperdício de tempo e dinheiro porque seu olho, aliado à sua lucidez e inteligência, será capaz de avaliar tudo durante anos e anos e fazer comparações complexas e precisas.

6. Desconsidere a existência de interação genótipo-ambiente. Para sua tranquilidade, todos os genes funcionam iguaizinhos em todos os sistemas de produção.

7. Parta do princípio de que as respostas genéticas correlacionadas não existem e selecione somente aquela característica que mais te atrai. Claro, você está seguro que nada de inesperado vai acontecer e, se acontecer, você resolve fácil (afinal, não foi sempre assim? Ainda que, “estranho” – você pensa –, “tenha ficado um pouco mais difícil ultimamente”. Mas não se preocupe. Siga em frente).

8. Acredite que toda e qualquer tecnologia deve ser incorporada ao seu sistema de seleção o mais rápido possível. Nos negócios, não podemos perder tempo ponderando custos x benefícios, senão corremos o risco de ficar para trás, fora de moda ou, o que é pior, não vai ter muito o que falar no próximo encontro com os amigos.

9. Esqueça que existem leis ambientais. Afinal de contas, elas são produtos da imaginação dos ecopirados.

10. E, por último, mas não menos importante, nunca ceda, em tempo algum, à tentação de descumprir qualquer uma das regras acima, por mais que a ciência, os amigos, os não amigos, os conhecidos e os parentes te digam o contrário. Deixe que falem. Você se basta e discorda frontalmente de quem disse que ninguém é uma ilha. Você sabe que é uma. E de excelência.


*Publicado na Revista ABCZ Nº57 (Julho /Agosto 2010)

Maisartigos

  • Produção de touros: negócio para especialista

    Genética, Informação | 15 de Março de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha

    Na pecuária de corte, algumas pessoas dividem os produtores em dois grupos: o do pecuarista comercial, dedicado a produzir terneiros, à recria ou a animais para abate; e o do pecuarista produtor de touros, envolvido com rebanhos de gado “puro...
  • Os benefícios visíveis do quilo da carne

    Carne, Informação | 28 de Fevereiro de 2020
    Foto: Imagens da Internet
    Na segunda-feira, dia 17, o artigo “Os custos invisíveis do quilo da carne”, publicado nesta Folha, sugeriu a relação entre impostos e desmatamento, raciocínio formulado a partir de dois estudos recentes. Sem nenhuma repreensão aos autores, julgamos importante esclarecer alguns pontos para que decisões equivoca...
  • O diálogo necessário entre agricultura e meio ambiente

    Informação | 28 de Fevereiro de 2020
    Foto: Imagens da Internet
    Em vez do ‘nós contra eles’, é preciso compatibilizar as agendas globais do clima e da alimentação. Os dois setores da economia brasileira com maior visibilidade global são a agricultura e o meio ambiente. O protagonismo da agricultura brasileira se dá no comércio global de commodities agropecuárias. Nossa ...
  • Negocio Direto: fazendo em vez de esperar

    Informação, Mercado | 14 de Fevereiro de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha

    A ação é melhor que a inércia. Quem sabe faz a hora, não espera acontecer. Se Maomé não vai à montanha, a montanha vai a Maomé, e por aí vai. O propósito deste meu texto é compartilhar algumas informações sobre o Grupo de Produtores...
  • EAD pode causar prejuízos na formação do médico veterinário

    Informação | 09 de Fevereiro de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por João Carlos Gonzales, presidente da Academia Rio-Grandense de Medicina Veterinária

    A recente autorização governamental para que instituições com curso de medicina veterinária utilizem 40% do tempo na forma de ensino a distância (EAD), isto é, por correspondência e/ou internet, despertou a atenção para pos...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais