Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 25/01/2021

Redes sociais

Agendade eventos

Últimosartigos

Castrar ou não castrar seus terneiros, será que esta é a questão?

Genética, Informação, Mercado | 09 de Novembro de 2017

Nos últimos tempos tenho sido muito questionado por criadores e produtores de terneiros sobre se devem ou não castrar sua produção.

Prontamente, respondo que não tenho a menor dúvida (opinião particular minha, e espero que respeitem, apesar de alguns discordarem), de que na conjuntura atual de mercado, sou totalmente a favor de que deixem seus terneiros INTEIROS, pelo menos, nos primeiros meses até o começo da safra, até eles atingirem algum determinado peso. E digo isso por diversos motivos, entre eles a valorização que TERNEIROS INTEIROS ultimamente têm tido em relação aos castrados no RS.

O mercado gaúcho, de invernadores, principalmente, busca por terneiros castrados, mas um mercado atualmente muito aquecido, onde hoje a procura é maior que a oferta, como o mercado dos outros estados da federação que comumente vêm buscar animais aqui e o mercado da exportação de gado em pé, basicamente, só compram terneiros INTEIROS, valorizando às vezes até 20% a mais o terneiro INTEIRO em relação ao castrado. Não se baseando somente nestes aspectos, produtores que vendem terneiros, ao não castrar, permitem que sua produção não passe pelo stress, perda de peso, entre outras coisas.

Então agora eu pergunto:

-Porque não aguardar para castrar em outra fase, castrar no inverno, se caso após a época de maior concentração de vendas como a safra de março, abril, maio e até junho não tiver conseguido vender a estes mercados que citei anteriormente?

-Se os mercados melhores pagadores pedem terneiros inteiros, por que vamos nadar contra a maré, castrando ao nascer?

-Porque descartar este mercado tão prematuramente?

Por isso que sempre falo: A QUESTÃO NÃO É CASTRAR OU NÃO CASTRAR, A QUESTÃO QUE DEVE SER DISCUTIDA É A ÉPOCA EM QUE DEVEMOS FAZER OU NÃO ESTE MANEJO!!!

Se o mercado de inteiros não estiver bom até uma determinada data que não altere tanto o manejo da fazenda no dia a dia, castre, mas não perca a oportunidade de atender ao mercado de inteiros, pelo menos por algum tempo.

Após castração, não tem mais como colar suas bolas para torná-los inteiros novamente, mas se o mercado se tornar favorável aos castrados, é só fazê-la.

Portanto não vejo por que a dúvida e a discussão, em alguns casos, até ferrenha sobre isso.

Meu conselho: inicialmente não castre, não vá com tanta sede ao pote, aguarde e depois de estudar os mercados e ver como estão se comportando, aí sim, decida qual a melhor opção para você.

Por: Méd. Veterinário Eduardo Lund
Fonte: Lund Negócios

Maisartigos

  • Meus Touros Eu Garanto: Valor agregado exige responsabilidade agregada

    Informação, Leilões, Mercado | 11 de Dezembro de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha Os remates e as vendas de touros já estão encerrados, salvo algum retardatário que ainda fará algum leilão em dezembro. O ano está tão favorável nos preços do gado que até remate de touro, em dezembro vai dar certo. A turma está ampl...
  • Angus: Selo para reprodutores melhoradores de Qualidade de Carne

    Informação | 26 de Novembro de 2020
    Foto: Gabriel Oliveira / Agência El campo
    A Associação Brasileira de Angus deu mais um passo em busca da excelência na seleção de reprodutores para produção de carne premium. É o novo Selo Seleção Qualidade de Carne, certificação que será anexada ao registro de touros e fêmeas superiores em dados de carcaça. O lançamento oficial ocorreu nesta qua...
  • Na batida do martelo: touros de central em pista

    Genética, Informação | 15 de Novembro de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha É final de outubro quando redijo este texto, e é quase final da temporada de primavera de leilões Sul do Brasil. De setembro a novembro, concentram-se muitos remates de reprodutores taurinos, e já podemos comemorar os ótimos resultados obt...
  • Hereford e Braford: Resultados da 5ª Pesagem Oficial da PAC já estão disponíveis

    Informação | 09 de Novembro de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Foi na última terça-feira, dia 27 de outubro, que a Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) e a Embrapa Pecuária Sul, realizaram a quinta e penúltima pesagem oficial da Prova de Avaliação a Campo (PAC) 2020/2021. De acordo com o coordenador da Prova, Roberto Collares, os exemplares oriundos de nove cri...
  • Pecuária do Sul: vamos azebuar tudo !!!

    Genética, Informação | 15 de Outubro de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha (É o paradoxo estendido na areia, do Pampa) Nesta busca mensal de temas atuais para este espaço na Revista AG, venho sempre trocando ideias com a editora da Revista AG, Thaise Teixeira. Trocamos mensagens sobre as pautas principais da ediç...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais