Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 09/07/2020

Redes sociais

Agendade eventos

Últimosartigos

Austrália: Quanto a genética influencia no valor de uma carcaça?

Informação | 06 de Fevereiro de 2018

Por Alex McDonald, Editor de Genética (Beef Central) - Fev/18 

Existe um velho ditado: 90% do valor do animal vem da alimentação e 10% da genética.

Os resultados do Programa de Benchmarking de Touros Angus  (ASBP) desafiam essa afirmação. Neste programa, cerca de 35 touros jovens Angus  são usados por IA em rebanhos comerciais.  Sua progênie (novilhos)  é reunida para ser alimentada por 100 dias no confinamento do centro de Pesquisa Tullimba, em Armidale, onde o desempenho em confinamento é medido,  incluindo Eficiência Alimentar.  Os novilhos são então alimentados por mais 200 dias no confinamento Rangers Valley antes do abate , onde são realizadas  várias medidas  das carcaças, incluindo medição laboratorial de maciez, perda de água e porcentagem de gordura intramuscular.

Todas as carcaças são classificadas no Meat Standards Australia (MSA)

Cada touro jovem é acasalado aleatoriamente com as fêmeas disponíveis em cada rebanho do teste de progênie. Os novilhos são então tratados como um lote único durante a recria e engorde e todos abatidos no mesmo dia. Desta forma, as diferenças de carcaça medidas são devidas inteiramente às diferenças genéticas entre os touros.

Para os touros jovens testados a variação entre o valor médio da progênie dos melhores e piores foi de A$ 619 (aprox. R$ 1,5 mil). Em uma avaliação individual das carcaças, a diferença encontrada entre a melhor e a pior carcaça foi de A$ 2.076 (aprox. R$ 5.3 mil) .

Os valores médios das carcaças da progênie foram derivados aplicando os parâmetros atuais da indústria do dia a cada uma das 283 carcaças do ASBP. Os parâmetros baseiam-se em um sistema de terminação longa ( acima de 200 dias de confinamento) com o objetivo de produzir e vender produtos de alta qualidade para carne Angus.

Os parâmetros específicos aplicados foram:

- A$ 8/kg de carcaça para score de marmoreio 3 - AusMeat ; 
- Adicionais de 40c/kg de carcaça para score de marmoreio acima de 3 – Aus Meat;
- Desconto de 80c/kg de carcaça para score de marmoreio abaixo de 3 – Aus Meat;
- Desconto de 10c/kg de carcaça para > 25 mm e
- Desconto de 15c/kg de carcaça para igual ou mais que 30 mm de gordura no P8 (garupa); 

Além disso, os valores médios da progênie, incluindo o Valor de Carcaça, são calculados usando um modelo de mínimos quadrados (LSM), que leva em consideração o rebanho e outros efeitos de grupo contemporâneos.

Como esperado, os touros com as progênies de médias mais altas para valor de carcaça tiveram as progênies com pesos de carcaça maiores, maiores escores de marmoreio e gordura de garupa no melhor intervalo.

Por exemplo, o touro classificado em primeiro lugar produziu animais com de carcaça de A$ 3.511 (aprox. R$ 8,9 mil) com peso de carcaças de 423 kg e cobertura de gordura de 15,4 mm.

Fonte: Beef Central, Traduzido e resumido pela Assessoria Agropecuária.  








Maisartigos

  • Seleção genômica em Hereford e Braford

    Genética, Informação | 01 de Julho de 2020
    Foto: Associação Brasileira de Hereford e Braford
    Por Marcos Jun-Iti Yokoo Até pouco tempo, nos programas de avaliação genética e seleção de bovinos de corte, a seleção assistida por marcadores moleculares utilizando-se de poucos marcadores do tipo microssatélites, salvo algumas exceções, não foi muito eficiente, uma vez que, geralmente, as características...
  • Comercialização Virtual de Terneiros no Período da Pandemia do Covid-19: Análise Preliminar

    Informação | 29 de Junho de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    O NESPro conduziu um projeto, por quatro meses, com a finalidade de avaliar o comportamento dos agentes do mercado de terneiros de corte no RS. Esse projeto foi desenvolvido em resposta a uma conjuntura atípica, a pandemia pelo Covid-19, a qual estabeleceu um distanciamento social, que proibiu a concentração de pessoa...
  • Tecnologia à frente: Inseminação Artificial avança no primeiro trimestre

    Informação, Mercado | 18 de Junho de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha A ASBIA (Associação Brasileira de Inseminação Artificial), entidade que participo da atual gestão, divulgou publicamente, no início de maio, o relatório INDEX ASBIA 1º Trimestre/2020. Os dados são recebidos de todas centrais afiliadas ...
  • RS - Rumo a um novo status sanitário

    Informação | 04 de Junho de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Livre de Aftosa sem Vacinação
    Por Júlio Barcellos; Tamara E. de Oliveira; Anna I. C. Pereira Suñé


    O contexto: O Estado do Rio Grande do Sul, por meio de seu serviço veterinário oficial e a ação dos pecuaristas, durante os meses de março e abril, realizou a sua última campanha de vacinação previamente à apresen...
  • COVID: o empurrão que faltava aos leilões virtuais e certificados

    Informação, Leilões, Mercado | 15 de Maio de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha As vantagens dos leilões virtuais em relações aos leilões presenciais são inúmeras: não necessidade de transporte do gado para um recinto, venda com o peso da fazenda (sem quebras de transporte e manejo), menor stress para os animais (be...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais