Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 16/02/2019

Redes sociais

Agendade eventos

Últimosartigos

Produzir mais com menos (Por Celso Jaloto Avila Junior, Vice-Presidente de promoção das raças Hereford e Braford)

Informação | 27 de Maio de 2018

Produzir mais com menos (Por Celso Jaloto Avila Junior, Vice-Presidente de promoção das raças Hereford e Braford)

Foto: Divulgação/Assessoria

Segundo publicação do Journal of Dairy Science, “a população mundial aumentará de 7,6 para 10,5 bilhões de pessoas até 2067, enquanto as terras cultiváveis decrescerão 25%”. Os desafios para produzir alimentos serão grandes, mas sinalizam campos férteis para a nossa Associação Brasileira de Hereford e Braford, uma Entidade com quase 60 anos de tradição e pioneirismo, que na década de 90 fez seu planejamento estratégico focado nesta nova realidade que agora se apresenta: produzir mais com menos.

Foi em 1998 que a ABHB criou, de forma pioneira, o Programa Carne Pampa®, o programa oficial de qualidade de carne, baseado na seleção zootécnica de bovinos das raças Hereford e Braford. Contribuindo com a produtividade e rentabilidade dos produtores, lançou o selo Carne Certificada Hereford®, abrangendo bovinos das raças HB e seus cruzamentos, despontando como uma marca de confiança na qualidade dos produtos para os consumidores mais exigentes e, mais ainda, refletindo desde então o conceito moderno de produção com sustentabilidade, baseado nos princípios que levaram a raça Hereford ser considerada mundialmente sinônimo de raça bovina sustentável, por ser ecologicamente correta (apresenta menor consumo de alimento para produzir 1kg de carne); economicamente viável (produz mais carne para o mesmo consumo de alimento), socialmente agradável (sua mansidão permite o manuseio com mais segurança pelos trabalhadores e em consequência um maior bem-estar animal) e culturalmente diverso (é a raça mais cosmopolita do planeta, sendo a mais utilizada em diversos compostos ou cruzamentos de raças bovinas no mundo com a finalidade de produção de carne de qualidade).

Todas essas qualidades ampliaram o registro de animais chancelados por técnicos da ABHB, com orientação seletiva dos rebanhos para garantir evolução genética com modernos programas de avaliação (PampaPlus, Promebo e Gensys). Passou-se a promover em parceria com a Embrapa a “Prova de Avaliação a Campo” (PAC), tendo como foco a busca incessante pelo melhoramento genético das raças, e a constante atualização do nosso trabalho, com a promoção de diversos cursos em parceria com Universidades e técnicos de renome internacional.

Seguindo na busca por novos nichos de mercado, expandimos nossa atuação junto a produtores do Brasil Central, promovendo cruzamentos com raças zebuínas que resultaram em animais com carcaças e tipificações de padrões excelentes. Geramos demanda interna e externa e bonificamos produtores exigentes.

A ABHB evoluiu e teve seu o reconhecimento aumentado. Nossas raças, sendo disputadas por compradores nacionais e internacionais, e os seus produtos cárneos por profissionais da gastronomia e por consumidores exigentes. Certos da visão de futuro de nossa diretoria à época, seguimos atentos às novas tecnologias e demandas a fim de atender a todos os associados e novos clientes ávidos por uma produção cada vez mais consciente e sustentável.


Observação: Texto publicado no Jornal “Correio do Povo – Rural”, de Porto Alegre, edição de 27/05/2018.

Maisartigos

  • Mitos e verdades do cruzamento (Por B. Lynn Gordon, Beef Magazine)

    Informação | 26 de Janeiro de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Os Cruzamentos e a heterose resultante têm sido utilizados por gerações. Mas ainda restam discussões.

    Há sempre muita discussão e debate na pecuária de corte sobre o cruzamento. Dois pesquisadores da Universidade Estadual do Kansas se uniram para responder a algumas das perguntas mais comuns que os pecuaristas faz...
  • Idade da vaca e produtividade (Quando ela está velha demais?) - Derrel Peel (Oklahoma University, EUA)

    Informação | 16 de Janeiro de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Outubro é tradicionalmente época de desmame dos bezerros e o descarte de vacas para a temporada de parição na primavera nos EUA. No momento de descarte de matrizes os criadores enfrentam decisões difíceis. O descarte ótimo no rebanho requer uma bola de cristal afiada que poderia ver o futuro.

    Se o regime de chuvas...
  • Carne gaúcha: uma trajetória de terra, campo e gente (Por Roberto Grecellé - SEBRAE)

    Informação | 14 de Janeiro de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    O dia a dia da pecuária de corte brasileira tem sido em favor da qualidade da carne produzida. Nas fazendas e nas indústrias, seja pelo zelo, pelos investimentos ou pelo aperfeiçoamento nos processos produtivos, os atores desta cadeia se empenham em produzir a cada dia uma carne de qualidade superior. Sim, é possíve...
  • Pecuária de corte: uma opinião para o novo governo

    Informação | 13 de Janeiro de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Júlio Barcellos, Prof. Titular, Fac. de Agronomia – NESPro/UFRGS

    Numa análise mais crítica, é preciso entender que desde que surgiu a palavra agronegócio em nosso vocabulário, é afirmado que em todas as suas dimensões só ocorrem “maravilhas”. O que é um profundo equívoco, quase viciado, de quem defe...
  • Comunicação como insumo fundamental para o agro

    Informação, Mercado | 11 de Janeiro de 2019
    Foto: AgroEffective
    Nestor Tipa Júnior
    Jornalista e pós graduado em Marketing no Agronegócio. Sócio-diretor da AgroEffective A agropecuária faz parte de um dos setores mais sensíveis à críticas e informações prejudiciais no Brasil. A opinião pública, por vezes, é severa nas cobranças aos produtores rurais e agroindústrias. Ba...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais