Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 19/11/2018

Redes sociais

Agendade eventos

Últimasnotícias

Charolês: Estância Sá Brito de Alegrete, vence a 1ª PAC da raça na Embrapa Pecuária Sul em Bagé

Genética, Informação | 06 de Julho de 2018

Oriundo de um trabalho de mais de 60 anos de seleção e de 42 anos de avaliação genética pelo Promebo (Programa de Melhoramento de Bovinos de Carne), o reprodutor “Sá Brito 4180 AL” (Sá Brito Alemão Malicieux Paladin x Sá Brito Ambiciosa Ímpar 3600 BR) de apenas 21 meses conquistou a 1ª colocação (classificação “elite”) na 1ª Prova de Avaliação a Campo (PAC) da raça Charolês. O exemplar, de propriedade da Estância Sá Brito de Alegrete (RS), obteve o índice de classificação final (ICF) de 1,300 e ganho médio diário (GMD) de 1,109 kg/dia. A prova realizada através de uma parceria entre a Associação Brasileira de Criadores de Charolês (ABCC) e a Embrapa Pecuária Sul de Bagé (RS) reuniu exemplares provenientes de criatórios localizados em cinco municípios do Rio Grande do Sul. Os animais chegaram à unidade da Embrapa em agosto de 2017 e tiveram a primeira pesagem realizada no dia 28 de agosto.


A Prova de Avaliação a Campo (PAC) de bovinos de corte da Embrapa tem como objetivo comparar, dentro de um mesmo ambiente de criação, reprodutores de diferentes criatórios do Sul do Brasil, com a finalidade de identificar animais superiores para produção de carne em sistema de pastejo. No final de cada prova, classificam-se os animais por meio do Índice de Classificação Final (ICF), que pondera cada característica avaliada e sumariza um único número para qualificar os animais . Entre as características que exercem maior peso no ICF, estão àquelas relacionadas ao ganho de peso (45%), seguidas pelas integrantes da avaliação de carcaça por ultrassom (25%), perímetro escrotal (5%) e 25% para os parâmetros subjetivos, como conformação, padrão racial e sexualidade. De acordo com o coordenador da prova, o pesquisador Roberto Collares, os touros participantes enfrentaram o final do ciclo das pastagens de inverno, além de um período de escassez e um verão extremamente quente e seco. “Mesmo nessas condições mais difíceis, os animais apresentaram um ótimo desempenho e sem necessidade de qualquer manejo sanitário diferente do normal”, explicou.


Na mesma prova, além da 1ª colocação, a Sá Brito também conquistou o 4º lugar com “Sá Brito 4197 RE”, reprodutor classificado como “superior” conforme o seu ICF. Na prova de eficiência alimentar, mensurada através do consumo alimentar residual (CAR), a Sá Brito obteve dois reprodutores classificados como “superiores”, por terem seus índices finais um ponto de desvio padrão acima da média de todos participantes. O Consumo Alimentar Residual (CAR) mensura a diferença entre o consumo de alimento observado e o consumo estimado para o animal. Desta forma, animais mais eficientes consomem menos alimento que o estimado, apresentando valores negativos de CAR.


Os resultados, divulgados na tarde de 29 de junho em encontro promovido pela Associação Brasileira de Criadores de Charolês na sede da Embrapa Pecuária Sul em Bagé (RS), demonstram que a Estância Sá Brito vem conduzindo um consistente processo de aprimoramento da raça Charolês tendo em vista a busca de animais rústicos e com eficiência em regimes de produção de carne a campo. “Selecionamos os animais com melhores condições de produção em nosso meio ambiente, sem perdermos o foco nas principais qualidades da raça que são a velocidade de ganho de peso e a produção de carcaças de alta qualidade e rendimento” explica o médico veterinário André Gomes, um dos titulares da Sá Brito. Segundo ele, são essas as características predominantes dos touros rústicos ofertados anualmente na primavera.

Fonte: ABCC Por: Nathã Carvalho 

Maisnotícias

  • Exportações de carne bovina sobem 10% no ano até outubro

    Informação | 18 de Novembro de 2018
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Os embarques de carne bovina brasileira para o exterior aumentaram 10% de janeiro a outubro, na comparação com igual período de 2017, informou a Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) nesta semana. O Brasil exportou 1,3 milhão de toneladas de carne bovina nos dez primeiros meses do ano. Em receita, ess...
  • Porto Alegre inaugura restaurante exclusivo de Carne Certificada Hereford

    Carne, Mercado | 16 de Novembro de 2018
    Foto: Associação Brasileira de Hereford e Braford
    A capital gaúcha conta agora com novo espaço gastronômico que serve 100% Carne Certificada Hereford. Nesta terça-feira, dia 13, aconteceu o lançamento exclusivo da Parrillaria Los Cinco para a imprensa. A casa que conta com o apoio da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) e parceria com o Frigorífico...
  • Oficinas de churrasco: não basta comer, tem que saber assar

    Carne | 16 de Novembro de 2018
    Foto: Beta Iribarrem
    Público da Capital interessado em comandar refeições entre amigos busca mestres assadores para aprender os segredos do típico prato gaúcho
    Para evoluir da condição de apreciador para assador de churrasco, os porto-alegrenses estão marcando presença em oficinas onde os segredos do prato-símbolo da gastronomia g...
  • Frigorífico El’Golli e ABHB recebem visita técnica anual da CNA

    Informação | 16 de Novembro de 2018
    Foto: Divulgação/Assessoria
    A equipe do Programa Carne Pampa da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) acompanhou na última segunda-feira, dia 12, o processo de acreditação do protocolo da Carne Certificada Hereford em plantas frigoríficas. A inspeção técnica, feita anualmente pela Confederação Nacional de Agricultura e Pecu...
  • Inseminação: Enorme potencial para crescer (Entrevista com Pietro Baruselli, USP)

    Informação | 14 de Novembro de 2018
    Foto: Divulgação/Assessoria
    O mercado brasileiro de sêmen bovino pode dobrar de tamanho na próxima década. A opinião é de um dos maiores especialistas do país em inseminação artificial, o professor Pietro Baruselli, da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo. O otimismo decorre do crescim...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais