Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 16/06/2019

Redes sociais

Agendade eventos

Últimosartigos

RECALADA: Genética ANGUS para a Pecuária Intensiva

Genética, Informação | 01 de Outubro de 2018

O plantel ANGUS RECALADA é bem jovem e neste leilão traz a sua primeira geração de touros para comercialização. Apesar do pouco tempo de criação, a Recalada já arranca na frente de muitos dedicados a produção de reprodutores: tem muito claro seus objetivos de seleção e que genética seus animais fornecerão ao mercado. Foi eleito pelos criadores Fábio e José Ruivo (e com total apoio dos técnicos que o assessoram) o foco em GENÉTICA PARA A PECUÁRIA INTENSIVA. 

Muitos criadores já selecionam animais em condições de campo nativo, períodos de restrição de alimentos, e com desempenho animal bastante abaixo do potencial genético dos animais. Resultado? Seleção para rusticidade e para matrizes com fácil adaptação em condições extensivas. A Recalada vai no caminho inverso e busca se aproximar do modelo americano de seleção: oferecer as melhores condições ambientais possíveis para viabilizar o máximo desempenho dos animais. Assim serão identificados os melhores animais para a pecuária intensiva.

Como selecionar em sistemas intensivos?

A combinação de produção em sistema intensivo (permitindo alto desempenho animal) com critérios rigorosos de seleção/descarte é que permitirá a cada geração selecionar animais superiores verdadeiramente. Rotina e exemplos simples para identificar animais superiores:

a) Expor as fêmeas à reprodução entre 12-14 meses (e não reter novilhas que falham nesta estação);
b) Identificar as matrizes que desmamam maior % de Kg de terneiro por Kg matriz (eficiência da vaca);
c) Oferecer condições pós-desmame para altos ganhos de peso;
d) Medir nos tourinhos jovens o GMD e as características de carcaça (AOL, EGS, Marmoreio)
e) Tabular devidamente estas informações e submeter os dados ao Programa de Melhoramento de Bovinos (PROMEBO);
d) Usar todas informações disponíveis para as definições de acasalamentos, multiplicação intensiva (TE), e descartes;
f) Usar anualmente touros provados e touros jovens de alto desempenho para as características de interesse (crescimento e carcaça).

Quais os ganhos para os usuários desta genética e programa?

Os touros resultantes deste foco e programa voltados para pecuária intensiva deverão entregar aos usuários:

a) Terneiros com potencial genético para altos peso ao desmame (250, 300, 350 kgs);
b) Novilhos com alto potencial de ganho de peso em sistemas intensivos (pastagens, pastagens com suplementação, confinamento, etc);
c) Novilhas com alto potencial para ganho de peso combinado com precocidade para prenhez com 1 ano;
d) Novilhos que combinem alto peso e facilidade de apronte (cobertura de gordura);
e) Carcaças que alcancem altos pesos e terminação adequada para bonificações nos programas ou frigoríficos mais exigentes.

Parece tudo muito simples e o é.
O mais importante deste programa ou foco é ter a continuidade e disciplina nos critérios de seleção. Tenho convicção que a Recalada tem e terá esta disciplina em função do histórico que pude acompanhar desde as primeiras aquisições de matrizes, sêmen, touros pais.
O mantra da pecuária intensiva é "+ QUILOS/Ha" e a genética ANGUS RECALADA oferece os reprodutores para este desafio.

Bons negócios a todos no 1º Leilão Recalada Angus !!!

Autor: 
Med. Vet. Fernando Furtado Velloso
Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha
CRIO - Central Genética Bovina
Inspetor Técnico - Associação Brasileira de Angus


Acesse o catálogo do remate clicando aqui.

Maisartigos

  • O nome do terneiro gaúcho é R$ 6,50

    Informação | 14 de Junho de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha

    Na data que redijo este texto (23/05), está praticamente encerrada a temporada de outono das feiras de terneiros no Rio Grande do Sul. Restam ainda alguns leilões neste final de maio e início de junho, mas estamos quase no fim. Quando os a...
  • Brangus: ABB e Ufrgs assinam convênio de cooperação técnica

    Informação | 10 de Junho de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Acordo prevê atividades de pesquisa na área de tecnologia de imagens e transferência de material genético e equipamentos Um convênio de Cooperação Técnica entre a Associação Brasileira de Brangus (ABB) e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul foi assinado nesta segunda-feira, 10 de junho, em Porto Alegre ...
  • Santa Maria sediou a III Exposição Nacional de Rústicos Brangus

    Exposição, Informação | 07 de Junho de 2019
    Foto: Bezier Filmes
    A III Exposição Nacional de Rústicos Brangus, promovida pelo Núcleo Brangus Sul, ocorreu nos dias 15 a 17 de maio no Parque de Exposições da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e integrou a programação da 28ª edição da Encorte. O julgamento, realizado no dia 17, contou com a participação de dez criat...
  • MAPA: Avançam negociações para exportação de gado vivo para Laos

    Informação | 03 de Junho de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Secretário adjunto de Comércio e Relações Internacionais do Mapa esteve no país na última semana em missão oficial
    O governo de Laos vai enviar cartas oficiais aprovando integralmente os requisitos propostos pelo Brasil para a exportação de animais vivos (bovinos para reprodução, engorda e abate) e carne de ave...
  • EUA: Uso crescente de sêmen de corte em vacas de leite (Por Dr. Bob Hough)

    Informação | 29 de Maio de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Manter-se rentável ano após ano nos negócios agropecuários não é tarefa fácil. Talvez não haja um caso maior disso do que com os produtores de leite, lutando com baixos preços do produto por anos. No entanto, os produtores de leite estão percebendo que  a cerca de 5 milhões de novilhas em idade reprodutiva e...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais