Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 19/11/2018

Redes sociais

Agendade eventos

Últimasnotícias

Rússia retoma compras de carne suína e bovina do Brasil

Carne, Informação, Mercado | 01 de Novembro de 2018

Rússia retoma compras de carne suína e bovina do Brasil

Foto: Imagens da Internet

Comércio estava suspenso desde dezembro de 2017 devido à detecção de promotor de crescimento

Brasília (31/10/2018) - A Rússia vai retomar as importações de carne suína e bovina do Brasil a partir desta quinta-feira (1/11). Os embarques estavam suspensos desde o início de dezembro de 2017, devido à contaminação cruzada (acidental, não intencional) pelo promotor de crescimento ractopamina, na formulação de rações usadas na alimentação dos animais. E o país tem restrições ao produto. O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, recebeu nesta quarta-feira (31), o comunicado oficial do Serviço Sanitário Federal de Vigilância Veterinária e Fitossanitária (Rosselkhoznadzor), e comemorou a decisão “tomada depois de vários meses de negociações”.

O documento russo informa que “é possível remover as restrições impostas a todas as empresas exportadoras, levando em conta a análise das medidas adotadas pelo Brasil e as garantias fornecidas pela Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA) do ministério, sobre o cumprimento das condições de produção e vendas de produtos de empresas brasileiras”. O serviço sanitário russo também analisou os resultados dos estudos laboratoriais de produtos elaborados por empresas brasileiras.

O secretário de Defesa Agropecuária do Mapa, Luis Rangel, explica que “foi feito um trabalho intenso de rastreabilidade e segregação na produção para atender aos requisitos do mercado russo, embora a ractopamina seja um produto seguro”. Todas as medidas adotadas foram acompanhadas de trabalhos técnicos e de discussões com as autoridades sanitárias russas. “Esperamos que o setor privado entenda que as ações de certificação e segregação são necessárias para preservar este mercado”, alertou Rangel. Conforme o secretário “o ministério sempre estará preparado para discutir tecnicamente com os russos, mas as garantias que devem ser dadas ao longo da cadeia produtiva são de responsabilidade do produtor e do frigorífico”.

O secretário espera que com a retomada das exportações as empresas adquiram o fôlego que perderam ao longo de 2018 com a greve dos caminhoneiros e com o consequente desabastecimento causado pela paralisação.

As empresas que estavam suspensas e irão retomar as exportações são: Barra Mansa Comércio de Carnes e Derivados Ltda (SIF 941 - carne bovina desossada e carne suína e carne suína in natura); Agra Agroindustrial de Alimentos S/A (SIF 3941 - abate de gado, corte, armazenamento de carne bovina; carne suína crua); Alibem Alimentos S/A (SIF 2146 - carne suína e carne suína crua); Alibem Alimentos S/A. (SIF 915 - carne suína e carne suína crua); Adelle Indústria de Alimentos Ltda (SIF 15 - suínos para abate, corte e estocagem de carne suína, produção de subprodutos e carne de suíno gordo); Minerva S/A (SIF 431 - carne bovina desossada e carne crua); Cooperativa Central Aurora Alimentos (SIF 3847 - carne suína e carne suína crua); Frigorífico Astra do Paraná Ltda (SIF 1251- abate e corte de gado); Frigorífico Vale do Sapucaí Ltda (SIF 1883 - abate de bovinos, corte, armazenamento de carne bovina, produção de subprodutos e gorduras bovinas).

Fonte: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento 

Maisnotícias

  • Exportações de carne bovina sobem 10% no ano até outubro

    Informação | 18 de Novembro de 2018
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Os embarques de carne bovina brasileira para o exterior aumentaram 10% de janeiro a outubro, na comparação com igual período de 2017, informou a Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) nesta semana. O Brasil exportou 1,3 milhão de toneladas de carne bovina nos dez primeiros meses do ano. Em receita, ess...
  • Porto Alegre inaugura restaurante exclusivo de Carne Certificada Hereford

    Carne, Mercado | 16 de Novembro de 2018
    Foto: Associação Brasileira de Hereford e Braford
    A capital gaúcha conta agora com novo espaço gastronômico que serve 100% Carne Certificada Hereford. Nesta terça-feira, dia 13, aconteceu o lançamento exclusivo da Parrillaria Los Cinco para a imprensa. A casa que conta com o apoio da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) e parceria com o Frigorífico...
  • Oficinas de churrasco: não basta comer, tem que saber assar

    Carne | 16 de Novembro de 2018
    Foto: Beta Iribarrem
    Público da Capital interessado em comandar refeições entre amigos busca mestres assadores para aprender os segredos do típico prato gaúcho
    Para evoluir da condição de apreciador para assador de churrasco, os porto-alegrenses estão marcando presença em oficinas onde os segredos do prato-símbolo da gastronomia g...
  • Frigorífico El’Golli e ABHB recebem visita técnica anual da CNA

    Informação | 16 de Novembro de 2018
    Foto: Divulgação/Assessoria
    A equipe do Programa Carne Pampa da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) acompanhou na última segunda-feira, dia 12, o processo de acreditação do protocolo da Carne Certificada Hereford em plantas frigoríficas. A inspeção técnica, feita anualmente pela Confederação Nacional de Agricultura e Pecu...
  • Inseminação: Enorme potencial para crescer (Entrevista com Pietro Baruselli, USP)

    Informação | 14 de Novembro de 2018
    Foto: Divulgação/Assessoria
    O mercado brasileiro de sêmen bovino pode dobrar de tamanho na próxima década. A opinião é de um dos maiores especialistas do país em inseminação artificial, o professor Pietro Baruselli, da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo. O otimismo decorre do crescim...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais