Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 16/02/2019

Redes sociais

Agendade eventos

Últimasnotícias

IATF: Criadores priorizam fertilidade em touros para Estação 2018/2019

Genética, Informação | 17 de Janeiro de 2019

Tecnologia com comprovação científica ajuda produtores na definição da genética

Nos últimos dez anos, o crescimento das vendas de IATF (Inseminação Artificial em Tempo Fixo) dobrou, atingindo 14 milhões de doses. Segundo o balanço divulgado em setembro pela Associação Brasileira de Inseminação Artificial (ASBIA), no primeiro semestre de 2018, o comércio de sêmen bovino alcançou a marca de 5.106.718 doses vendidas. As raças de corte tiveram o resultado mais expressivo, com 2.937.480 vendas, atingindo aumento de 14,2% na variação anual.

Além do crescimento das inseminações, outra tendência cada vez mais forte entre os criadores é a busca por aumento da eficiência do processo com a escolha de touros com maior fertilidade. Neste sentido, a busca por touros com certificação IATFmax tem sido cada vez maior.

Cristiano Ribeiro, gerente do Departamento Técnico Corte da ABS explica que a busca por mais eficiência é a garantia de lucro para o produtor. Afinal, segundo uma conta simples de especialistas do setor, tomando como base uma média nacional de sucesso na IATF de 50%, cada ponto percentual acima disso representa uma economia de, no mínimo, 10% no processo.

O IATFmax, inovação apresentada pela ABS em julho de 2018, oferece uma moderna avaliação estatística e certificação de touros com fertilidade superior para IATF. A dinâmica tem como base o processamento dos dados, obtidos por protocolo IATF. Com uma análise estatística robusta, os reprodutores com fertilidade superior são certificados com IATFmax, que varia entre IATFmax+ (touros com fertilidade de até 2,99 pontos percentuais acima da média), IATFmax+3 (incremento de 3 pontos percentuais acima da categoria IATFmax+) e IATFmax+6 (incremento de 6 pontos acima da categoria IATFmax+).

Segundo o gerente do Departamento Técnico Corte da ABS, a escolha dos touros certificados com IATFmax é garantia de um bom resultado e do crescimento dos níveis de prenhez. "Com o IATFmax, conseguimos avaliar, credenciar e descredenciar touros com maior agilidade e com muita confiabilidade. Além de oferecer ao mercado e técnicos de campo, uma forma simples e rápida de comprar touros de fertilidade superior."

Além disso, com o IATFmax, a ABS consegue certificar touros jovens dentro de uma mesma safra, promovendo o acesso a uma genética superior e mais moderna com garantia de resultados. Cristiano comenta que essa ferramenta contribui para as tendências do mercado pecuário atual. “Hoje em dia, com a genômica chegando, os touros jovens são muito utilizados. Para o melhoramento genético, esses animais jovens são uma grande vantagem”.

Na prática.

Na Fazenda Campos do Senhor II, em Capanema (PA), a utilização de touros IATFmax caracterizou a última estação de monta. De acordo com Celso Magalhães Coronel, veterinário responsável pela reprodução da fazenda, foram utilizados, entre outros touros, Ditador da MN, REM Caldonegro e Big Black. “Escolhemos pela performance de produção e fertilidade, pelo elevado índice na IATF, mas, principalmente, pelo incremento na produtividade em desmame, peso e fertilidade”, conta o veterinário.

Everton da Ponte Lima, proprietário da fazenda que começou a trabalhar com touros ABS há oito anos, conta ter acompanhado de perto o melhoramento de seu rebanho desde então. “Essa evolução genética foi passo a passo. Observamos que, ao longo do tempo, houve uma precocidade na retirada dos animais e na prenhez, além de um grande ganho de peso. Antigamente, a gente retirava animais só após 30 meses ou mais. Hoje, retiramos animais que ainda não completaram 2 anos, com 500 quilos”, reflete.

Para ele, o IATFmax é importante na busca por lucro e melhoramento genético. “É importante porque estamos lidando com uma progressão, trabalhando com melhoramento do rebanho para o futuro. É preciso ter fêmeas precoces, desmamar bezerros pesados e ter matrizes produtivas e férteis”.

Fonte: ABS

Maisnotícias

  • SAV AMERICA: o touro Angus de 1,5 milhão de dólares

    Informação | 13 de Fevereiro de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    No leilão 2019, a SAV alcançou media de 15 mil dólares para 414 touros Angus

    Outro recorde mundial foi estabelecido pela Schaff Angus Valley (SAV) com um touro produzido no rancho, chamado America, vendido por um recorde
    de USD 1,51 milhão nos Estados Unidos. 

    Na venda anual de produção da SAV, realizada na fazenda ...
  • Uruguai: Cazaquistão busca a importação de 100 mil bovinos em pé

    Carne, Informação, Mercado | 13 de Fevereiro de 2019
    Foto: Tardaguila Agromercados
    Representantes de Kazajistán vendrán a Uruguay y buscan comprar 100 mil vacunos en pie La Sociedad de Criadores de Aberdeen Angus trabaja por estas horas en diversos temas que hacen a la organización del Secretariado Mundial de Angus, que tendrá lugar en Uruguay en el próximo mes de marzo. Al mismo se han inscript...
  • Uruguai: primeiros embarques de carne fresca para o Japão

    Carne, Informação, Mercado | 13 de Fevereiro de 2019
    Foto: Tardaguila Agromercados
    Salen los primeros embarques de carne fresca para Japón
    Los primeros embarques de carne fresca para el mercado de Japón están saliendo en las próximas horas. Las solicitudes de exportación de Aduanas dan cuenta de 6.453 kilos de tres empresas (Ontilcor, Las Piedras y Carrasco), con una variada gama de cortes y trim...
  • Exportações de carne bovina caem em janeiro, Rússia retoma compras

    Informação, Mercado | 13 de Fevereiro de 2019
    Foto: CarneTec
    As exportações de carne bovina brasileira tiveram queda de 0,19% em janeiro, na comparação com o mesmo mês do ano passado, em parte devido à queda nas compras da China por intermédio de Hong Kong, informou a Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) na segunda-feira (11). O volume de vendas externas fi...
  • Touros da Conexão Delta G são destaques de desempenho em centrais

    Genética, Informação | 13 de Fevereiro de 2019
    Foto: Associação Brasileira de Hereford e Braford
    Animais das raças Hereford e Braford de associados da entidade conquistam o gosto dos produtores pelos seus resultados Cada vez mais a exigência das centrais de inseminação por touros comprovados aumenta. Neste sentido os animais ofertados pelos associados da Conexão Delta G tem se destacado nas baterias das mais d...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais