Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 16/02/2019

Redes sociais

Agendade eventos

Últimasnotícias

MAPA: Manual com orientações para vacinação contra aftosa é publicado

Informação | 08 de Fevereiro de 2019

MAPA: Manual com orientações para vacinação contra aftosa é publicado

Foto: Imagens da Internet

Manual com orientações para vacinação contra aftosa é publicado

Texto inclui orientações desde a produção até a aplicação

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) publicou nesta quinta-feira (7) o manual “Orientações para fiscalização do comércio de vacinas contra a febre aftosa e para controle e avaliação das etapas de vacinação”. O objetivo é criar padrões para manter a qualidade das vacinas produzidas no país, aumentando a eficiência na imunização dos rebanhos.

O manual é dirigido aos serviços veterinários, revendedores e criadores, que devem seguir as normas previstas. A versão, digital, de 41 páginas, é resultado de atualização da primeira edição que foi publicada em 2005. Acesse o manual clicando aqui. 

Segundo o auditor fiscal agropecuário da Divisão de Febre Aftosa e Outras Doenças Vesiculares (Difa), Luiz Cláudio Coelho, “a fiscalização do comércio de vacinas contra a febre aftosa é de responsabilidade do Serviço Veterinário Oficial (SVO), para cumprimento do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA)”.

Ele explica que todas as revendas de produtos de uso veterinário só podem funcionar se estiverem registradas e licenciadas pelo Ministério. Para obtenção da licença do estabelecimento junto ao Ministério, o interessado deve acessar o site www.agricultura.gov.br, no link SISTEMAS, localizar Sistema Integrado de Produtos e Estabelecimentos Agropecuários (SIPEAGRO) e inserir as informações solicitadas.

Controle

No caso das indústrias produtoras de vacinas, durante todo o processo de fabricação, são realizados testes de comprovação da inativação do vírus e para controle de esterilidade da vacina, além da avaliação da integridade da emulsão (mistura). Todos esses testes são repetidos pelo Ministério em seu laboratório, (Lanagro) localizado no Rio Grande do Sul. Atualmente, só pode ser utilizada a vacina inativada, bivalente, formulada com as cepas virais A24 Cruzeiro e O1 Campos.

Os laboratórios que produzem vacinas são submetidos anualmente a inspeções e avaliações do MAPA para verificação do cumprimento das condições de biossegurança e de boas práticas de fabricação. A partida (lote) de vacina, passando por todos os testes, é aprovada e liberada para comercialização. Do contrário, toda a partida é destruída.

A selagem (colocação do selo holográfico, que garante que o produto foi testado oficialmente) é feita sob a supervisão do Ministério, que também confere e registra o número de frascos liberados à comercialização. Após o controle e a anotação das quantidades, as partidas são liberadas para venda.
A Central de Selagem disponibiliza para o Mapa e aos Serviços Veterinários Estaduais (SVE) as informações referentes ao total e ao destino das vacinas comercializadas.

A vacina contra a febre aftosa deve ser conservada sob refrigeração (temperatura entre 2 e 8ºC). Apresenta prazo de validade de 24 meses sendo comercializada em embalagens de 15 e 50 doses.

O parque industrial de produção de vacinas contra a febre aftosa tem capacidade para atender à demanda das etapas de vacinação no país, exportar vacinas para outros países da América do Sul e manter um estoque regulador de abastecimento. 

Fonte: MAPA

Maisnotícias

  • SAV AMERICA: o touro Angus de 1,5 milhão de dólares

    Informação | 13 de Fevereiro de 2019
    Foto: Divulgação/Assessoria
    No leilão 2019, a SAV alcançou media de 15 mil dólares para 414 touros Angus

    Outro recorde mundial foi estabelecido pela Schaff Angus Valley (SAV) com um touro produzido no rancho, chamado America, vendido por um recorde
    de USD 1,51 milhão nos Estados Unidos. 

    Na venda anual de produção da SAV, realizada na fazenda ...
  • Uruguai: Cazaquistão busca a importação de 100 mil bovinos em pé

    Carne, Informação, Mercado | 13 de Fevereiro de 2019
    Foto: Tardaguila Agromercados
    Representantes de Kazajistán vendrán a Uruguay y buscan comprar 100 mil vacunos en pie La Sociedad de Criadores de Aberdeen Angus trabaja por estas horas en diversos temas que hacen a la organización del Secretariado Mundial de Angus, que tendrá lugar en Uruguay en el próximo mes de marzo. Al mismo se han inscript...
  • Uruguai: primeiros embarques de carne fresca para o Japão

    Carne, Informação, Mercado | 13 de Fevereiro de 2019
    Foto: Tardaguila Agromercados
    Salen los primeros embarques de carne fresca para Japón
    Los primeros embarques de carne fresca para el mercado de Japón están saliendo en las próximas horas. Las solicitudes de exportación de Aduanas dan cuenta de 6.453 kilos de tres empresas (Ontilcor, Las Piedras y Carrasco), con una variada gama de cortes y trim...
  • Exportações de carne bovina caem em janeiro, Rússia retoma compras

    Informação, Mercado | 13 de Fevereiro de 2019
    Foto: CarneTec
    As exportações de carne bovina brasileira tiveram queda de 0,19% em janeiro, na comparação com o mesmo mês do ano passado, em parte devido à queda nas compras da China por intermédio de Hong Kong, informou a Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) na segunda-feira (11). O volume de vendas externas fi...
  • Touros da Conexão Delta G são destaques de desempenho em centrais

    Genética, Informação | 13 de Fevereiro de 2019
    Foto: Associação Brasileira de Hereford e Braford
    Animais das raças Hereford e Braford de associados da entidade conquistam o gosto dos produtores pelos seus resultados Cada vez mais a exigência das centrais de inseminação por touros comprovados aumenta. Neste sentido os animais ofertados pelos associados da Conexão Delta G tem se destacado nas baterias das mais d...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais