Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 20/02/2020

Redes sociais

Agendade eventos

Últimasnotícias

Preços das carnes no mercado interno devem subir, projeta frigorífico

Carne, Informação, Mercado | 02 de Fevereiro de 2020

Preços das carnes no mercado interno devem subir, projeta frigorífico

Foto: Francielle Bertolacini

A disparada na cotação do milho refletiu em aumento do custo de produção das proteínas como aves, suínos e bovinos

Os preços das carnes, principalmente de aves e suínos, devem aumentar ao consumidor final. A projeção foi feita nesta quinta-feira, 30, pelo presidente da Frigol, Luciano Pascon, que diz que a alta no preço do milho refletiu em aumento de custo de produção das proteínas. O cereal é um dos principais insumos usados na ração animal.

“É uma questão de equilíbrio, há necessidade de aumentar (o preço das carnes) para equilibrar a relação de troca entre a proteína (e o milho)”, afirma.

De acordo com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), o preço médio do milho em Campinas (SP) já subiu 6,1% no acumulado de janeiro. No primeiro dia útil do ano, a cotação saiu de R$ 47,87 e fechou a quarta-feira, 29, a R$ 50,76. No dia 15 de janeiro, o cereal atingiu o maior valor do índice da entidade , atingindo R$ 51,31 por saca.

Para a carne bovina, Pascon afirma que a disparada do milho também traz reflexos ao custo do boi gordo. No entanto, os impactos seriam menores no curto prazo já que o uso do grão é mais intensivo no segundo semestre, nos confinamentos. “No dia-a-dia, (a alimentação) é mais baseada em pasto e adição de minerais, não é algo que agora interfere”, explica.

No entanto, ele projeta uma retomada no preço da arroba do boi gordo em meados de fevereiro. Isso porque o mercado da bovinocultura necessita que os preços sejam reajustados para as margens se acomodarem conforme a cadeia necessita. “Apesar de a demanda no mercado interno ainda precisar ganhar mais força, há expectativa de que as exportações voltem ao normal. Lá para o fim de fevereiro já vamos ver uma balanceada (nos preços)”, comenta.

Fonte: Canal Rural

Maisnotícias

  • RS: Farsul aprova continuidade das medidas para retirada da vacina contra aftosa

    Informação | 19 de Fevereiro de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Sindicatos rurais firmaram a decisão em assembleia nesta quarta-feira (19)
    Em assembleia realizada nesta quarta-feira (19), a Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul) decidiu apoiar a continuidade do processo de antecipação da retirada da vacina contra a febre aftosa no estado. O placar da votação f...
  • RS: comunicado acerca da posição da Conexão Delta G em relação à antecipação da retirada da vacina contra a Febre Aftosa

    Informação | 19 de Fevereiro de 2020
    Foto: Conexão Delta G
    A Conexão Delta G, após deliberação com seus associados, definiu posicionamento contrário à antecipação da retirada da vacina da Febre Aftosa no Rio Grande do Sul. O grupo, em sua maioria, levantou ponderações de questões técnicas, comerciais e políticas acerca do tema que vem preocupando os pecuaristas de c...
  • ABHB: Paranaenses apostam nas raças Hereford e Braford e comemoram resultados

    Genética, Informação, Mercado | 18 de Fevereiro de 2020
    Foto: Diego Funari Fotografia
    Estado conta atualmente com um plantel de cerca de 9,39 mil exemplares registrados, segundo a Associação Brasileira de Hereford e Braford Criadores de bovinos de corte que estão apostando nas raças Hereford e Braford colhem os resultados positivos desta decisão. No Paraná, conforme números da Associação Brasile...
  • Angus e Negócio Direto: parceria para a certificação de terneiros no RS

    Informação, Mercado | 15 de Fevereiro de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    A Associação Brasileira de Angus busca formas de equalizar a oferta de animais certificados ao longo do ano, e propôs aos produtores do Grupo Negócio Direto a Certificação de animais com padrão Racial Angus que atendam especificações do Mercado.

    A parceria visa beneficiar os produtores que conseguem entregar os a...
  • Kuwait abre mercado para a carne bovina brasileira

    Carne, Informação, Mercado | 14 de Fevereiro de 2020
    Foto: Imagens da Internet
    O Kuwait foi um dos países em que a ministra esteve em setembro do ano passado, durante a missão ao Oriente Médio
    O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) foi informado nesta quinta-feira (13) que o Kuwait passará a importar carne bovina do Brasil. "Mais uma boa notícia de abertura de mais um me...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais