Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 05/06/2020

Redes sociais

Agendade eventos

Últimosartigos

Hereford e Braford: Prova de Avaliação a Campo auxilia na seleção de criadores

Informação | 26 de Abril de 2020

Prova de Avaliação a Campo auxilia na seleção de criadores

Foto: Divulgação/Assessoria

Realizada anualmente pela Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB), em parceria com a Embrapa Pecuária Sul, de Bagé (RS), a Prova de Avaliação a Campo (PAC) vem trazendo resultados promissores para os criadores das duas raças. Com a finalidade de identificar animais superiores em termos de genética para a produção de carne em sistema de pastejo, a prova busca comparar, dentro de um mesmo ambiente físico, reprodutores de diferentes criatórios do Brasil.

Levantamento da associação mostra que o ganho médio diário de peso dos animais saltou de 0,82 quilo na temporada de 2016/2017 para 1,02 quilo na de 2019/2020, em relação à raça Braford. Já na raça Hereford, no mesmo período, aumentou de 0,78 quilo para 1 quilo. “Os ganhos vêm sendo progressivos em termos de genética e manejo sanitário e alimentar aos quais a associação se propôs”, destaca o presidente do Conselho Técnico da ABHB, Aldo Tavares.

Para o dirigente, o entusiasmo dos produtores que vêm ano após ano participando da prova comentando da fortaleza e certeza de melhoramento genético em suas cabanhas, é o principal destaque. “Isso ficou visível com a proposta de mostrar na última Expointer os touros que tiveram bom desempenho na prova e vendas expressivas em leilões”, observa.

Para os criadores, a PAC é fundamental para a seleção. Segundo Valter Pötter, proprietário da Estância Guatambu, de Dom Pedrito (RS), a prova dá condições para testar a genética que é selecionada em nível de propriedade e saber como ela se comporta em relação à outras genéticas no mesmo ambiente. “É um teste comparativo muito válido neste sentido. Há vários anos temos obtido premiações importantes nos três primeiros lugares nas duas raças”, salienta.

Conforme Pötter, estes animais quando têm um destaque especial, ao retornar para a propriedade, são utilizados intensivamente na reprodução. “E já temos filhos e netos destes touros que também estão tendo resultados positivos. Se trata de um complemento do programa de melhoramento genético em termos de comparativo. É uma prova real de desempenho da genética e que, sem dúvida, traz uma maneira de nos dar condições para sabermos onde estamos em termos de melhoramento genético”, ressalta.

Somente sócios podem participar da PAC e os touros inscritos permanecem nos campos experimentais da Embrapa por cerca de oito meses convivendo em um mesmo ambiente e com a mesma oferta de alimentos. Isso torna possível avaliar quais são os animais superiores a partir de parâmetros pré-estabelecidos. A fase de avaliação compreende até três etapas: adaptação, avaliação a campo e avaliação a campo com suplementação.

Neste período, os animais são submetidos a pesagens a cada 28 dias e as avaliações objetivas e fenotípicas constantes da PAC ocorrem logo após. Ao término da fase de avaliação de ganhos de peso, são realizadas as análises fenotípicas, as medidas de ultrassom e os exames sanitários necessários para o ordenamento final dos animais.

Fonte: ABHB

Maisartigos

  • RS - Rumo a um novo status sanitário

    Informação | 04 de Junho de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Livre de Aftosa sem Vacinação
    Por Júlio Barcellos; Tamara E. de Oliveira; Anna I. C. Pereira Suñé


    O contexto: O Estado do Rio Grande do Sul, por meio de seu serviço veterinário oficial e a ação dos pecuaristas, durante os meses de março e abril, realizou a sua última campanha de vacinação previamente à apresen...
  • COVID: o empurrão que faltava aos leilões virtuais e certificados

    Informação, Leilões, Mercado | 15 de Maio de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha As vantagens dos leilões virtuais em relações aos leilões presenciais são inúmeras: não necessidade de transporte do gado para um recinto, venda com o peso da fazenda (sem quebras de transporte e manejo), menor stress para os animais (be...
  • Quarentenando na COVID-19: é a hora do campo

    Informação | 14 de Abril de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha Relutei, protelei e resisti em redigir este texto. Envio com os prazos queimados e peço desculpas ao pessoal da AG. Imagino que, da mesma forma que tantas pessoas, fiquei um pouco confuso em como agir nesta época em que o País só fala na pa...
  • Quebrando os 7 mitos comuns sobre o Colostro

    Informação | 08 de Abril de 2020
    Foto: Alta Genetics
    Na corrida entre os anticorpos do colostro e as bactérias do ambiente, quem você gostaria que ganhasse? Não conseguimos mensurar o número de artigos que existem sobre a importância do colostro para uma bezerra recém-nascida. Frequentemente ouvimos falar em qualidade, quantidade, tempo e sanidade do colostro. No en...
  • Produção de touros: negócio para especialista

    Genética, Informação | 15 de Março de 2020
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Por Fernando Furtado Velloso
    Assessoria Agropecuária FFVelloso & Dimas Rocha

    Na pecuária de corte, algumas pessoas dividem os produtores em dois grupos: o do pecuarista comercial, dedicado a produzir terneiros, à recria ou a animais para abate; e o do pecuarista produtor de touros, envolvido com rebanhos de gado “puro...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais