Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 04/08/2021

Redes sociais

Agendade eventos

Últimasnotícias

Montana Calidad seleciona fêmeas para emprenhar aos 14 meses de idade

Informação | 30 de Julho de 2020

Entre 30 de julho e 7 de agosto, propriedade apresentará resultados do programa de seleção e venderá reprodutores e fêmeas Montana.

A precocidade sexual e o acabamento da raça Montana são duas características que motivam o trabalho do Montana Calidad, que conta com mais de 800 animais em duas fazendas, em Anastácio e Terenos, em Mato Grosso do Sul. O projeto começou há cerca de uma década, com 600 animais Montana, e tem se desenvolvido com o aprimoramento genético do rebanho.

"Participamos do Programa Montana para fortalecer essa excelente opção genética e ter animais com as qualidades dos taurinos, porém que podem ser criados nas mesmas condições dos zebuínos. Fazer melhoramento genético é trabalhoso, mas a cada meta alcançada damos um passo à frente em termos de melhoria de carcaça, precocidade sexual, acabamento e na rusticidade", conta o administrador da Montana Calidad, Geraldo Paiva.

Paiva explica que todas as melhorias genéticas, safra após safra, foram implantadas com o auxílio de métodos científicos. "É possível dizer que nossas expectativas estão sendo confirmadas, tanto pelos resultados nos abates próprios quanto pela fidelidade de nossos clientes". A meta do Montana Calidad para 2020 é vender 180 reprodutores, tanto nos leilões como nas vendas particulares.

A raça Montana é brasileira e começou seus trabalhos de seleção no início da década de 1990 e proporciona alto índice de heterose, resultado do cruzamento de raças taurinas, zebuínas e adaptadas. Essa combinação de sangue possibilita alta produtividade e adaptação ao clima tropical. A precocidade é uma característica importante do Montana: tanto machos quanto fêmeas são submetidos à reprodução aos 14 meses de idade.

A definição do potencial dos animais Montana é obtida pelo Índice Montana, uma fórmula matemática que leva em conta características de real valor econômico. "Com essa base de avaliação e com foco no que buscam nossos clientes, conseguimos melhor remuneração nas vendas feitas na fazenda ou em eventos", diz Paiva.

O Montana Calidad também investe na seleção de doadoras, a partir de cinco critérios: ter a primeira cria antes dos 24 meses de idade, ser uma das líderes na avaliação de carcaça de sua safra, estar entre as top 10% na avaliações de carcaça por ultrassom de sua safra, possuir Índice Montana superior a 10 e estar inserida em uma família consistente", pontua o administrador.

As fêmeas do Montana Calidad devem emprenhar entre 11 e 14 meses de vida. As que falham nesse quesito são descartadas e encaminhadas para abate do programa 1953, da JBS, proporcionando carne de alta qualidade. "Como muitas novilhas estão se habilitando a ingressar no nosso grupo de doadoras, passamos a exigir na avaliação que somente ficarão as filhas de touros que tenham produzido sêmen antes de 11 meses de idade", informa Geraldo Paiva.

"Como próximos passos, queremos confirmar a herdabilidade da eficiência alimentar, característica de animais que consomem menos e têm aproveitamento melhor do alimento. A partir disso, pretendemos investir em genômica, aumentando ainda mais a acurácia dos dados das principais características zootécnicas que desejamos", salienta Paiva. "Além disso, pensamos em atuar mais fortemente na venda de fêmeas".

O Montana Calidad é associado do Programa Montana, iniciativa de um grupo de criadores da raça envolvidos na produção, seleção e melhoramento genético de reprodutores compostos com foco na qualidade da carne e ganho de peso.

"A pecuária e o mercado em si mudaram muito nos últimos anos. Os criadores já conhecem e reconhecem as características produtivas e reprodutivas dos touros Montana, que proporcionam heterose sustentável, além de ganhos indiscutíveis safra após safra. Essa genética diferenciada está acessível a pecuaristas de todo o país", ressalta Gabriela Giacomini, gerente de operações do Programa Montana.

Após 26 anos, Programa Montana já forneceu ao mercado brasileiro cerca de 17.5 mil touros com CEIP (Certificado Especial de Identificação e Produção), chancela do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que reconhece a capacidade genética e valoriza as características econômicas exigidas pela pecuária brasileira.

Semana Montana Calidad – A pandemia não tem prejudicado os negócios do Montana Calidad. Um terço dos reprodutores colocados à venda em 2020 já foram comercializados e eventos comerciais já estão programados para os próximos meses. Um deles é a Semana Montana Calidad, entre 30 de julho e 7 de agosto, com transmissão pelo Canal do Boi.
"Será uma semana de apresentação dos resultados do nosso programa de seleção, com a comercialização de animais. Ofertaremos o que de melhor produzimos na safra. Serão colocados à venda os melhores touros Montana e um pequeno núcleo de novilhas, incluindo a terceira melhor fêmea de toda safra Montana", informa Geraldo Paiva.

Fonte: Programa Montana

Maisnotícias

  • SC: Fazenda 3 Marias Agronegócios faz R$20,4 mil para touros Angus

    Informação, Leilões, Mercado | 02 de Agosto de 2021
    Foto: Associação Brasileira de Angus
    Depois de registrar vendas aquecidas na primeira etapa do 9º Dia de Negócios e Leilão, a Fazenda 3 Marias Agronegócios, de Videira (SC), voltou a movimentar as pistas e a faturar alto na segunda rodada do evento. Com comercialização de animais de diferentes raças, entre elas a Angus, a propriedade do pecuarista Do...
  • Angus da Limeira estreia com media de R$ 28,8 mil nos touros e R$ 24,5 mil nas fêmeas

    Informação | 01 de Agosto de 2021
    Foto: Divulgação/Assessoria
    Com médias aquecidas e pista limpa, o 1º Leilão Seleção Angus da Limeira registrou faturamento total de R$ 1.477.000,00 ao negociar 46 exemplares da raça Angus, sendo 31 machos e 15 fêmeas. Capitaneado pela Fazenda Limeira, de Pinhão (PR), o remate garantiu média de R$ 88.000,00 para cotas de 50% de touros de ce...
  • Cabanha Recalada adquire a fêmea Angus Nº1 do Brasil na atualidade

    Informação | 01 de Agosto de 2021
    Foto: Divulgação/Assessoria
    A fêmea Bugatti Angus da Limeira EY TE GRF recebeu da Associação Nacional de Criadores e PROMEBO a premiação Supremacia Genética 2021, por ser a fêmea com a melhor avaliação genética do programa da geração 2019. Desta forma, é a fêmea jovem Nº1 do Brasil.
    A novilha Bugatti, nascida em 13/05/2019, é uma ...
  • Agro Resenha Podcast: A importância do uso de touros melhoradores

    Genética, Informação | 30 de Julho de 2021
    Foto: Divulgação/Assessoria
    OUÇA O PODCAST CLICANDO AQUI.

    Neste episódio, Paulo conversou como professor José Bento Ferraz, professor na USP de Pirassununga, sobre a importância de se utilizar touros Nelore avaliados em rebanhos de bovinos no Brasil.
    Este episódio é uma parceria entre o Agro Resenha e a Agro-Pecuária CFM, e tem o objetivo de...
  • ABS apresenta novo Catálogo Corte Europeu 2022

    Genética, Informação | 30 de Julho de 2021
    Foto: Assessoria de Imprensa ABS
    Incluindo novidades como a Super Dose, publicação reúne mais de 90 touros de 12 raças
    Nesta semana, a ABS apresenta ao mercado o novo Catálogo Corte Europeu 2022, reunindo mais de 90 excelentes opções de genética para rebanhos de raças como Angus, Red Angus, Brangus, Red Brangus, Braford, Polled Hereford, Senep...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais