Últimasnotícias

Cabanha Boitatá faz R$ 15,7 mil para touros Brangus

Informação | 13 de Novembro de 2020

Exemplares com índices do Programa Natura e ultrassonografia de carcaça foram ofertados pelo criador Antonio Celso de Oliveira Figueiredo
Animais rústicos e de genética apurada, apartados pelo selecionador Antonio Celso de Oliveira Figueiredo, formaram os lotes individuais de touros que foram apresentados ao mercado na tarde de 8 de novembro durante a sexta edição do “Top Leilão Virtual Brangus Boitatá”.

O balcão eletrônico do criatório paranaense negociou 33 reprodutores prontos para o serviço da safra 2018 e contabilizou receita total de R$ 517.800; todos os machos ofertados saíram com medições de ultrassonografia de carcaça.

Com propriedades nos municípios de Lindoeste, Realeza e Três Barras, a Cabanha Boitatá se dedica ao trabalho de melhoramento genético desde 2003, além da seleção de cavalos Crioulos. O plantel da raça sintética integra o Programa Natura, responsável pela emissão do Certificado Especial de Identificação e Produção (CEIP).

A média geral foi de R$ 15.690 – valor equivalente a 57,8@ de boi gordo para pagamento à vista na região Noroeste do PR (R$ 271/@), de acordo com informações da Scot Consultoria.

O touro Boitata 7024 TE se sobressaiu entre os lotes à venda e marcou a maior valorização do pregão ao ser arrematado por R$ 32.250. O exemplar de 39 meses de idade, com 880 kg e CE 47, foi adquirido pelo investidor Aldo Bodemuller (Fazenda Fronteira do Iguaçu – Diamante D’Oeste, PR).

A organização do evento foi da Panorama Leilões, em parceria com a Leilosul, com transmissão pelo Lance Rural e site da leiloeira. O leiloeiro rural Max Tedy Teixeira coordenou as captações dos lances diretamente dos estúdios da leiloeira, em Cascavel, para pagamentos fixados em 15 parcelas.

Fonte: Portal DBO

Brangus Boitatá

Foto: Divulgação/Assessoria