Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 25/01/2022

Redes sociais

Agendade eventos

Últimasnotícias

Beef on Dairy: estratégia que gera ganhos em qualidade, eficiência alimentar e lucratividade em rebanhos de leite

Genética, Informação, Mercado | 06 de Dezembro de 2021

Claudio Aragon, gerente da pasta de leite e diretor de mercados da Semex, e Antonio Carlos Sciamarelli, gerente de corte taurino, explicam como fazendas de leite podem aumentar sua renda produzindo bezerros cruzados ao adotar o programa Beef on Dairy, uma exclusividade da Semex Brasil

A busca da indústria de carne bovina por animais de alta qualidade para eficiência alimentar e carcaça abriu portas para a utilização de touros de corte como uma poderosa ferramenta para aumentar a receita de propriedades de leite e reduzir o índice de mortalidade de suas vacas em decorrência da dificuldade de parto.

Paralelo a isso, objetivando também diversificar as fontes de renda e aumentar a lucratividade de fazendas locais, prefeituras, cooperativas e outras organizações formadas por produtores de leite passaram, então, a investir fortemente nesta estratégia. E atenta a essa tendência, a Semex Brasil, desde 2019, oferece ao mercado o programa Beef on Dairy.

Quando o produtor usa touros de corte em raças de leite da forma correta, a mão de obra e custos com veterinários são reduzidos. Além disso, devido a facilidade de parto, o índice de bezerros vivos aumenta, e o produtor conseguirá atender a indústria de carne bovina dispondo de animais de qualidade para eficiência alimentar e méritos de carcaça.

“A possibilidade de geneticamente segmentar o rebanho leiteiro abre um espaço extremamente interessante para o uso de sêmen de corte na porção inferior do rebanho. Esta prática acelera significativamente o ganho genético e proporciona uma excepcional oportunidade de receita para a propriedade. O uso de touros de corte direcionados para atender ao que o mercado demanda, atrai forte interesse por parte dos frigoríficos”, ressalta Aragon, gerente da pasta de leite e diretor de mercados.

Por que inseminar vacas de leite com touros de corte?

Com os recentes avanços no manejo, alimentação, reprodução e amplo uso de sêmen sexado, muitos rebanhos têm excesso de novilhas de reposição. E como a indústria de carne bovina continua à procura de animais de qualidade, tanto para eficiência alimentar quanto para qualidade de carcaça, a utilização de touros de corte favorece um valioso fluxo de receita.

Antonio Carlos Sciamarelli, gerente de corte taurino, complementa sobre as principais características dos bovinos Semex para o programa. “Estes touros têm facilidade de parto, peso ao nascer e peso ao ano (um dos critérios mais importantes), eficiência alimentar, altura ao ano, peso de carcaça, marmoreio, AOL e gordura. Da nossa seleção, os touros destaques no programa são: Electrify, Checkmate, Kansas e Prime.”

Oportunidade única para entender mais sobre o assunto e aumentar a lucratividade da fazenda de leite produzindo bezerros para corte

No dia 16 de dezembro, quinta-feira, às 19h, pecuaristas, prefeituras e cooperativas terão a oportunidade de conhecer a estratégia e aprimorar seus conhecimentos sobre o assunto. Claudio Aragon, gerente da pasta de leite e diretor de mercados, e Antonio Carlos Sciamarelli Junior, gerente de corte taurino, apresentarão uma live exclusiva pelo canal do YouTube da Semex Brasil. Na ocasião, poderão ser enviadas dúvidas que serão respondidas pelos gerentes especialistas.

Fonte: Semex do Brasil

Maisnotícias

  • Gente Brangus: Evanil Pires, da ST Repro

    Genética, Informação | 21 de Janeiro de 2022
    Está disponível o quarto episódio do “Gente Brangus”!

    O convidado deste episódio é o Evanil Pires, da ST Repro, que nos conta como iniciou o seu trabalho com a raça Brangus. Confira o depoimento dele.

    GENTE BRANGUS

    Trata-se de um espaço criado para que personalidades da raça, como criadores, técnicos, peões, r...
  • Fala Angus #78 - Edio Sander, Presidente CooperAliança

    Carne, Informação, Mercado | 21 de Janeiro de 2022
    Foto: Radio Sul.net
    Neste #FALAANGUS, o Sr. Edio Sander, presidente da CooperAliança, irá contar a história da cooperativa, que se destaca como exemplo de cooperativismo no país, seu número de associados, áreas de atuação, e como veio a ideia de ter uma indústria própria. Assim como, a parceria com a Angus e a importância para a ...
  • Sabor favorável: criadores de Red Angus adicionam potencial de marmoreio

    Informação | 21 de Janeiro de 2022
    Foto: Divulgação/Assessoria
    por Tom Brink, CEO, Red Angus Association of America 

    Os criadores de Red Angus continuam aumentando o potencial de marmoreio, o que demonstra o quanto estão atentos aos sinais emanados dos mercados de carne bovina e de gado. O marmoreio é uma característica economicamente relevante. As classificações das indústr...
  • Embrapa em Ação mostra potencial do Pampa para produzir alimentos de forma sustentável

    Genética, Informação | 20 de Janeiro de 2022
    Foto: Canal Rural
    O Giro do Boi de sexta, dia 14, levou ao ar o primeiro episódio da nova série especial Embrapa em Ação. Desta vez, as gravações ocorreram na sede da Embrapa Pecuária Sul, em Bagé, na Campanha gaúcha, no coração do Pampa.

    Conforme destacou o chefe geral da Embrapa Pecuária Sul, Fernando Cardoso, as riquezas nat...
  • ANC: Registro cresce 13% e confirma expansão da pecuária

    Genética, Informação | 20 de Janeiro de 2022
    Foto: Associação Nacional de Criadores
    Alinhados com a expansão e a valorização da pecuária na economia brasileira, os registros de animais de raça aumentaram 13% em 2021. O crescimento resulta do cadastro de 72.667 exemplares ao longo do ano passado frente aos 64.271 animais de 2020, ano que também apresentou alta. Os dados constam do banco da Associa...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais