Cadastre-se no site

Cadastre-se e fique informado em primeira mão sobre os principais acontecimentos da Assessoria Agropecuária
Porto Alegre, 25/01/2022

Redes sociais

Agendade eventos

Últimasnotícias

Assessoria Agropecuária FF Velloso & Dimas Rocha vence o Touro de Ouro 2021

Genética, Informação | 20 de Dezembro de 2021
Chegamos ao fim de mais um ano pandêmico. Assim como em 2020, a necessidade de mudanças constantes na gestão e na operação dentro das porteiras ocorreu em alta velocidade. É imperativo afirmar que há, sim, cada vez menos tempo para pensar nos caminhos a serem percorridos. A sobrevivência no mercado está definitivamente condicionada à rapidez nas decisões e nas ações.

Há, por óbvio, mecanismos e estratégias para minimizar as consequências de atitudes não acertadas, mas é preciso ter em mente que a pecuária brasileira, agora, luta em outra categoria, a dos consolidados produtores e exportadores de carne bovina. Nessa guerra de gigantes, quem menos corre voa, mesmo os que não produzem o “boi China”, não exportam para a União Europeia via Cota Hilton, não embarcam gado vivo para outro continente ou, ainda, não aprenderam a travar o preço da arroba no mercado futuro.

Muitos já se perderam e não conseguem entender nem como o preço do boi se recuperou mesmo com tanto estoque de carne retido em casa devido ao jogo de mercado chinês. Outros ainda tentam compreender como, em tão curto período, surgiram tantas exigências e novas segmentações na atividade. E há, claro, quem não sentiu tanto o peso dos custos e o vaivém mercadológico, pois já vinha com o alerta ligado antes mesmo de iniciar a pandemia.

Seja em qual cenário for e em que situação estiver, o criador sabe que, na retaguarda, conta sempre com produtos, serviços e pessoas tecnicamente capacitadas. São companhias nacionais e internacionais que atuam dentro e fora das fazendas para que ele cumpra a missão de alimentar a população brasileira e mundial. E são justamente elas que, pelo 13º ano, são homenageadas de maneira ininterruptas pela Revista AG por meio do troféu Touro de Ouro. “São marcas que realmente fazem a diferença, pois foram escolhidas em votação direta por quem as utiliza na lida diária do campo”, ressalta o diretor- -executivo da Editora Centaurus e da Revista AG, Eduardo Hoffmann.

Categorias Assim como a pecuária passou – ainda passa e seguirá passando – por intensas transformações, o Touro de Ouro também se modernizou. “A busca por uma atividade sustentável, ambientalmente correta e intensificada está levando novos conceitos, produtos, serviços e equipamentos para as propriedades rurais, estreitando relações entre todos os integrantes da cadeia produtiva da carne”, declara Hoffmann.

As adaptações ocorreram tanto na nomenclatura como na quantidade de segmentos. Três novas categorias passaram a receber votos dos leitores e assinantes da Revista AG: Revenda/Distribuidor, Fertilizante para Pastagem e Distribuidor de Esterco/ Esterqueira. Em contrapartida, foram suprimidos os segmentos Vagão Forrageiro, dada crescente especialização do equipamento, e Vacina de Aftosa, dada gradual retirada da imunização do rebanho brasileiro. Por fim, a categoria Assessoria Genética passou a ser Consultoria Genética, e a categoria Distribuidor/ Misturador de Silagem foi renomeada para Vagão Misturador de Ração.

Categoria Consultoria Genética

A Assessoria Agropecuária FF Velloso & Dimas Rocha pela nona vez foi reconhecida como referência na prestação de serviço técnico especializado para seleção e aquisição de reprodutores. De acordo o sócio-proprietário da empresa, Fernando Velloso, receber o troféu Touro de Ouro é um grande reconhecimento, especialmente frente a tantas transformações vivenciadas por pecuaristas e leiloeiras na compra e venda de animais. “Os leilões virtuais tornaram-se predominantes, e, para nossa satisfação, a consulta a assessorias como a nossa tornou-se muito maior para negócios em que não há nenhum contato pessoal entre vendedores e compradores”, constata. O resultado também se deve à crescente incorporação de tecnologia ao produto touro, que exige cada vez mais orientação técnica para que se reverta em lucro à propriedade.

Fonte: Guia AG do Criador (Dezembro 2021)

Maisnotícias

  • Gente Brangus: Evanil Pires, da ST Repro

    Genética, Informação | 21 de Janeiro de 2022
    Está disponível o quarto episódio do “Gente Brangus”!

    O convidado deste episódio é o Evanil Pires, da ST Repro, que nos conta como iniciou o seu trabalho com a raça Brangus. Confira o depoimento dele.

    GENTE BRANGUS

    Trata-se de um espaço criado para que personalidades da raça, como criadores, técnicos, peões, r...
  • Fala Angus #78 - Edio Sander, Presidente CooperAliança

    Carne, Informação, Mercado | 21 de Janeiro de 2022
    Foto: Radio Sul.net
    Neste #FALAANGUS, o Sr. Edio Sander, presidente da CooperAliança, irá contar a história da cooperativa, que se destaca como exemplo de cooperativismo no país, seu número de associados, áreas de atuação, e como veio a ideia de ter uma indústria própria. Assim como, a parceria com a Angus e a importância para a ...
  • Sabor favorável: criadores de Red Angus adicionam potencial de marmoreio

    Informação | 21 de Janeiro de 2022
    Foto: Divulgação/Assessoria
    por Tom Brink, CEO, Red Angus Association of America 

    Os criadores de Red Angus continuam aumentando o potencial de marmoreio, o que demonstra o quanto estão atentos aos sinais emanados dos mercados de carne bovina e de gado. O marmoreio é uma característica economicamente relevante. As classificações das indústr...
  • Embrapa em Ação mostra potencial do Pampa para produzir alimentos de forma sustentável

    Genética, Informação | 20 de Janeiro de 2022
    Foto: Canal Rural
    O Giro do Boi de sexta, dia 14, levou ao ar o primeiro episódio da nova série especial Embrapa em Ação. Desta vez, as gravações ocorreram na sede da Embrapa Pecuária Sul, em Bagé, na Campanha gaúcha, no coração do Pampa.

    Conforme destacou o chefe geral da Embrapa Pecuária Sul, Fernando Cardoso, as riquezas nat...
  • ANC: Registro cresce 13% e confirma expansão da pecuária

    Genética, Informação | 20 de Janeiro de 2022
    Foto: Associação Nacional de Criadores
    Alinhados com a expansão e a valorização da pecuária na economia brasileira, os registros de animais de raça aumentaram 13% em 2021. O crescimento resulta do cadastro de 72.667 exemplares ao longo do ano passado frente aos 64.271 animais de 2020, ano que também apresentou alta. Os dados constam do banco da Associa...

Nossosparceiros

Nossosclientes

Redes sociais